Adidas patrocinará corredor com Síndrome de Down na Maratona de Boston

A Adidas está patrocinando o triatleta e corredor Chris Nikic para a disputa da Maratona de Boston, marcada para a próxima segunda-feira (18). Detalhe: ele é o primeiro atleta com Síndrome de Down a terminar uma prova de Ironman.

Nikic estará correndo pela segunda vez em seis meses a mais tradicional corrida de rua dos Estados Unidos, já que, no ano passado, a Maratona de Boston foi disputada em 11 de outubro. O corredor usará o número de identificação 321, que representa a trissomia do cromossomo 21, causadora da Síndrome de Down.

É a primeira vez que a Maratona de Boston reserva um número especial para um corredor com essa condição genética.

“A iniciativa é sobre visibilidade. Então, quanto mais maratonas ou corridas forem realizadas e quanto mais pessoas virmos representadas, melhor”, disse Andrew MacPhee, diretor executivo de criação da FCB Canada, agência por trás da campanha Corredor 321.

“Realmente não vemos atletas com neurodiversidade nos esportes convencionais. Então, ter uma das maratonas mais icônicas do mundo sendo a primeira a implementar a iniciativa Corredor 321 é um grande passo para continuar a pressionar por representação e visibilidade para atletas com neurodiversidade. Irá inspirar uma nova geração de atletas a criar uma legião de Corredores 321 para passar o bastão de prova em prova, de país em país, e mostrar ao mundo, e a outros como eles, que é possível“, acrescentou.

O vídeo da campanha conta a história de Nikic, mostra o corredor treinando, termina com uma sessão de fotos com outros atletas com neurodiversidade e faz um apelo para que todas as corridas reservem o identificador 321 para um atleta com Síndrome de Down.

“Nosso primeiro projeto com a Adidas foi facilitar e ajudar a criar o primeiro patrocínio esportivo global de um atleta com neurodiversidade“, contou MacPhee em entrevista ao site Muse.

“Esse patrocínio realmente estabeleceu as bases para o Corredor 321, uma ideia que trouxemos para a Adidas quando reconhecemos que a inclusão no esporte requer modelos para mostrar aos outros o que é possível. A Adidas tem sido uma parceira ideal nesses projetos, pois eles compartilham nossa visão de inclusão, e o trabalho realmente está inserido na plataforma ‘Impossible Is Nothing‘ da marca“, completou.

A Maratona de Boston, que é uma das seis maratonas mais importantes do mundo, informou que disponibilizará o número 321 para todos os atletas com neurodiversidade a partir de 2023.