Ana Marcela Cunha se junta a Rebeca Andrade como embaixadora dos Jogos da Juventude

Evento será exibido pelo Canal Olímpico do Brasil entre 2 e 17 de setembro

A nadadora Ana Marcela Cunha, ouro na maratona aquática em Tóquio 2020 e dona de sete medalhas de ouro em Mundiais, foi anunciada, nesta quarta-feira (3), como a segunda embaixadora dos Jogos da Juventude 2022. Ela se junta a outra campeã olímpica, a ginasta Rebeca Andrade.

“Ana Marcela é mais uma atleta excepcional que está diariamente no Centro de Treinamento do COB já inspirando atletas que frequentam o local. E tê-la conosco nos Jogos da Juventude é fantástico. Ela é um exemplo de sucesso, determinação e responsabilidade para todos os jovens atletas e transmite motivação a todos que estão ao seu lado. Certamente será uma fonte de inspiração para todos os participantes dos Jogos da Juventude”, celebrou Kenji Saito, diretor de desenvolvimento e ciências do esporte do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Esta não será a primeira vez que Ana Marcela exercerá a função. A baiana já foi embaixadora da edição de 2018, disputada em Natal (RN). Agora, retornará ao evento com o título de campeã olímpica e novas histórias para interagir e inspirar a nova geração do esporte nacional.

A competição será disputada entre 2 e 17 de setembro, em Aracaju (SE), e terá transmissão pela primeira vez na história para todo o país. De acordo com o COB, todas as modalidades em disputa terão ao menos um evento ao vivo ou flashes exibidos de maneira exclusiva no Canal Olímpico do Brasil, plataforma de streaming da entidade, que é realizada em parceria com a NSports.

Ainda de acordo com a entidade, serão até cinco modalidades diferentes transmitidas por dia, e o Canal Olímpico ainda montará um estúdio no Centro de Convivência dos Jogos da Juventude, de onde serão exibidos diversos conteúdos, entre eles entrevistas exclusivas.