Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Vôlei

Após desabafo e campanha, Vôlei Barueri terá apoios de Pede Pronto e Veloe

Marcas do grupo Alelo se sensibilizaram com desabafo de José Roberto Guimarães e patrocinarão equipe na Superliga

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 23/11/2021, às 10h00 - Atualizado às 10h02

Jogadoras do Barueri mostram a marca da Veloe estampada na camisa do time - Divulgação
Jogadoras do Barueri mostram a marca da Veloe estampada na camisa do time - Divulgação

A Veloe, marca de mobilidade, e a Pede Pronto, plataforma de pedidos, ambas unidades de negócios da Alelo, fecharam acordos e serão anunciadas como as novas patrocinadoras do Vôlei Barueri, time feminino liderado pelo técnico da seleção brasileira José Roberto Guimarães.

O acerto foi fechado depois de Zé Roberto ir publicamente reclamar da falta de apoio à equipe, que foi vice-campeã paulista no início da temporada 2021/2022. Bancando os custos de manutenção do time e da estrutura do próprio bolso, Zé Roberto viu surgir nas redes sociais uma campanha feita pela torcida para que o time fosse mantido.

A expressão #PatrocineOBarueriVolei foi destaque principalmente no Twitter. E a junção da campanha com o desabafo do treinador surtiu efeito.

[Colocar ALT]
Camisa do Barueri terá Pede Pronto nas costas

“A ideia de entrar nesse projeto surgiu quando soubemos que o clube precisava de apoio, e acreditamos que poderíamos somar esforços para fortalecer o desenvolvimento de jovens e atletas de alta performance. Além disso, é uma oportunidade de estreitar ainda mais a relação com a cidade de Barueri, onde fica nossa sede”, disse André Turquetto, diretor geral da Veloe.

Além de apoiar um projeto local, a Alelo acredita que, com a iniciativa, ajudará a desenvolver melhor as atletas.

“Trabalharemos juntos para fortalecer esse projeto tão importante de forma muito mais ampla e pensando no todo da iniciativa do Barueri. Conseguiremos ajudar nas questões de alimentação e melhorar as condições de desenvolvimento como atletas”, afirmou Márcio Alencar, diretor de estratégia digital, marketing e negócios da Alelo.

Os acordos são um alento para Zé Roberto, que recentemente havia feito uma parceria com o São Paulo para manter o time. O clube do Morumbi, no entanto, acabou saindo do projeto desde que mudou de diretoria, no começo deste ano.

“Estamos muito orgulhosos de representar essas duas marcas que acreditaram na gente e no projeto. Essa parceria visa que essas meninas sejam não só jogadoras de vôlei, mas é uma iniciativa que acredita na inclusão social e na transformação de vida. A felicidade é plena, e a gente espera corresponder em todos os sentidos às expectativas que estão colocando no projeto”, resumiu o treinador.