Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Surfe

Australian Gold é nova patrocinadora da etapa brasileira da WSL

Marca de protetor solar assinou com evento por dois anos e reforçará valores de proteção à natureza

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 20/12/2021, às 12h38

Australian Gold será patrocinadora da etapa brasileira da WSL por duas temporadas - Divulgação / WSL
Australian Gold será patrocinadora da etapa brasileira da WSL por duas temporadas - Divulgação / WSL

A Australian Gold fechou patrocínio com a etapa brasileira da World Surf League (WSL), a Oi Rio Pro. A empresa será a marca oficial de protetor solar da competição em contrato válido para as próximas duas temporadas.

A marca, que tem 36 anos no mercado, é produzida e distribuída no Brasil desde 2017 pelo Grupo Boticário. A empresa afirma investir em tecnologia para que seus produtos não impactem negativamente na natureza dos oceanos, se alinhando aos valores do surfe de proteção ao meio ambiente e sustentabilidade.

”O patrocínio da etapa brasileira da WSL reflete uma grande sinergia de valores com a Australian Gold. A marca incentiva a vida debaixo do sol e em conexão com a natureza e oferece um portfólio de proteção solar para todos os momentos”, comentou Renata Gomide, diretora de marca e comunicação do Grupo Boticário.

“O surfe está muito ligado aos territórios da marca e, além dos atributos funcionais para que o surfista passe horas no mar protegido, a Australian Gold possui formulação amiga dos oceanos e não agride os recifes de corais”, acrescentou a executiva.

No primeiro semestre de 2022, serão anunciadas ações de ativação da Australian Gold com os fãs do surfe, assim como novidades da parceria. O contrato foi intermediado pela 213 Sports, vertical de esportes da V3A, parceira comercial da WSL Brasil nos últimos cinco anos.

“É uma alegria ter a Australian Gold como nossa patrocinadora, pois a marca elenca tudo o que combina com o nosso esporte e nossos atletas. Estamos certos de que será uma parceria promissora, que tem conexão com o público que admira e pratica o surfe, e com os ideais da WSL”, afirmou Ivan Martinho, CEO da WSL na América Latina e colunista da Máquina do Esporte.

O patrocínio vem em um excelente momento do surfe brasileiro. Ítalo Ferreira conquistou o ouro em Tóquio 2020 na estreia da modalidade nos Jogos Olímpicos. Já Gabriel Medina se tornou tricampeão mundial em 2021 ao derrotar outro brasileiro, Filipe Toledo. A definição do título ocorreu em Trestles, na Califórnia. No feminino, Tatiana Weston-Webb é a atual número 2 do mundo.