Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Inovou

Australian Open terá bolas em NFTs com dados de partidas em tempo real

Torneio coloca tecnologia que dará estatísticas a compradores de bolas virtuais do torneio

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 12/01/2022, às 11h08

Bolas em NFT que atualizam dados em tempo real de jogos são a grande novidade tecnológica do Australian Open - Divulgação/Australian Open
Bolas em NFT que atualizam dados em tempo real de jogos são a grande novidade tecnológica do Australian Open - Divulgação/Australian Open

O Australian Open vai oferecer uma experiência inédita de NFT para torcedores. O torneio vai oferecer aos fãs de tênis a oportunidade de comprar NFTs que são atualizados automaticamente com metadados coletados durante os jogos do primeiro Grand Slam da temporada.

O torneio fez uma parceria com as empresas Decentraland, Run It Wild e Metakey para criar 6.776 “bolas artísticas”, produzidas a partir de uma combinação algorítmica de diferentes cores, padrões e texturas. Além disso, 22 bolas “AO Legend” e 169 “Artist Series” terão designs exclusivos feitos por artistas renomados.

Cada bola representa uma parcela de 19 cm² da superfície de uma quadra de tênis atribuída aleatoriamente quando a NFT é produzida. Toda vez que uma bola vencedora cair nessa parte da quadra durante qualquer partida no Aberto da Austrália de 2022, o NFT relacionado será atualizado em tempo real com dados de rastreamento da partida e da bola.

Além da novidade virtual, o Australian Open oferecerá recompensas do mundo real ao comprador do NFT. Se qualquer um dos 11 pontos do campeonato (entre todas as categorias que existem disputa de título no AO) cair em um local específico, o proprietário da NFT correspondente receberá a bola usada naquele jogo em uma embalagem especial com um certificado de autenticidade. Os proprietários das bolas virtuais também terão a oportunidade de ganhar wearables de edição limitada, produtos e outros benefícios no futuro.

O primeiro Grand Slam de tênis do ano também está lançando uma experiência de metaverso na plataforma da Decentraland. Os usuários poderão ver uma recriação digital do estádio do Australian Open em Melbourne e conversar com jogadores e outros fãs.

“O AO sempre foi visto como um dos eventos esportivos mais inovadores do mundo e este projeto é apenas mais um exemplo de nossa equipe ultrapassando os limites para fornecer aos nossos fãs melhor acesso e engajamento. Com esta próxima onda de tecnologia, os fãs globais de tênis terão a oportunidade de fazer parte do Australian Open de 2022 de uma maneira nunca antes disponível”, disse o diretor do torneio, Craig Tiley.