Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Educação

Brazil Sports Tech e ESPM se unem em curso sobre tecnologia e inovação no mercado esportivo

Aulas serão ministradas nos dias 18, 19 e 20 de janeiro de 2022, das 19h30 às 21h30

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 29/12/2021, às 15h42 - Atualizado às 15h44

Curso tem como público-alvo todos que queiram aprofundar conhecimentos no mercado esportivo - Divulgação / Brazil Sports Tech
Curso tem como público-alvo todos que queiram aprofundar conhecimentos no mercado esportivo - Divulgação / Brazil Sports Tech

A Brazil Sports Tech (BST) e a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) lançaram um curso sobre tecnologia e inovação no mercado esportivo. As aulas serão ministradas nos dias 18, 19 e 20 de janeiro de 2022, das 19h30 às 21h30, e são voltadas para todos que queiram aprofundar seus conhecimentos em um dos setores que mais cresce no mundo.

De acordo com a BST, o curso Sportstech – Inovação e Tecnologia no Mercado Esportivo do Brasil tem como principal objetivo contextualizar o cenário atual do mercado esportivo brasileiro, trazendo conceitos de inovação, empreendedorismo e funding. Os alunos terão a chance de identificar oportunidades de empreender, investir e aprofundar o conhecimento e o relacionamento no mercado.

Destinado a todos que buscam trabalhar direta ou indiretamente com esporte, seja empreendendo, criando uma empresa ou trazendo o esporte mais perto de onde atuam, o curso terá aulas presenciais e on-line. Para os alunos presenciais, haverá visitas técnicas aos principais hubs esportivos de inovação nos dois dias seguintes ao curso, ou seja, 21 e 22 de janeiro. As inscrições podem ser feitas neste link.

“Em 2020, mapeamos no Brasil mais de 350 sportstechs, fundos de investimentos, hubs esportivos e dezenas de novas soluções que foram criadas para a cadeia esportiva. Com o avanço da profissionalização dessa indústria, as oportunidades cresceram infinitamente, e as soluções podem se tornar grandes transformadoras do esporte e, consequentemente, da sociedade”, afirmou Maria Teresa Publio Dias, cofundadora da startup Soul Brasil Esportes e uma das professoras do curso ao lado de Gabriel Liberati (fundador da Sports Network) e Ítalo Carvalho (líder de inovação e negócios na Ace Startups).

De acordo com a SporTechX, principal fonte de dados e insights sobre inovação e tecnologia no esporte no mundo, o investimento em sportstechs ultrapassou US$ 8,3 bilhões no mundo até setembro de 2021, com a perspectiva de ultrapassar US$ 12 bilhões até o final do ano, o que seria mais do que os últimos três anos combinados. Além disso, as sportstechs já somam 30 unicórnios mundialmente, sendo 11 só neste ano, e estão espalhadas por nove países.

O mercado brasileiro está se aproveitando da tendência mundial e cresce a cada ano em números de novos negócios, novas tecnologias e investimentos. Atualmente, o país possui fundos focados em sportstechs conhecidos, como Go4It, Bossanova Investimentos e OutField Capital, que juntos já aportaram mais de US$ 5 milhões em rodadas pre-seed ou seed.

Fundada em janeiro de 2019, a Brazil Sports Tech é grande incentivadora do ecossistema de sportstechs no país. Trata-se de uma comunidade formada por empreendedores e profissionais da indústria esportiva que possuem o desejo comum de fomentar a geração de negócios e estimular a troca de informações, expertises e aprendizados nas áreas de tecnologia e inovação relacionadas ao esporte.