Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Vôlei

CBV renova com Globo, mas ganha mais jogos para Canal Vôlei Brasil

Entidade comemora oferta maior de partidas no PPV e venda internacional para casas de apostas

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 23/12/2021, às 15h25

Superliga continuará a ser transmitida pelo Grupo Globo até 2024, mas CBV terá mais jogos no Canal Vôlei Brasil - Divulgação/CBV
Superliga continuará a ser transmitida pelo Grupo Globo até 2024, mas CBV terá mais jogos no Canal Vôlei Brasil - Divulgação/CBV

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) acaba de anunciar a renovação, até 2024, do acordo com o Grupo Globo para a transmissão de competições de clubes e amistosos da seleção brasileira nas mídias da emissora.

Além de acertar com o parceiro para a transmissão de torneios como as Superligas A e B, a Copa Brasil, a Supercopa, e as etapas do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, a entidade conseguiu ampliar a oferta de jogos dentro do Canal Vôlei Brasil, que exibe no modelo de pay-per-view no streaming partidas da Superliga.  

“Estamos muito satisfeitos com esse novo acordo com a Globo, parceira de longa data do vôlei brasileiro. Os fãs terão ainda mais jogos ao vivo no SporTV e valorizamos o nosso Canal Vôlei Brasil, que passa a transmitir partidas decisivas da Superliga e se torna ainda mais atrativo. A maior flexibilidade para a venda de direitos internacionais também foi um passo importante para a valorização de nossos produtos”, afirma Radamés Lattari, vice-presidente da CBV.

Com o novo acordo, o SporTV transmitirá também os jogos das semifinais da Superliga B e das quartas de finais da Copa Brasil, que reúne os oito melhores times do primeiro turno da Superliga. Além disso, o canal por assinatura da Globo transmitirá a Supercopa, duelo entre os campeões da Superliga e da Copa Brasil.

Em compensação, haverá um aumento da oferta de jogos dentro do PPV do Canal Vôlei Brasil, streaming próprio da CBV, que já a partir desta temporada 2021/2022 poderá transmitir partidas dos playoffs e as disputas finais das competições masculina e feminina. Serão 15% a mais de jogos oferecidos no pacote.   

Outra flexibilização do contrato foi a permissão para que a CBV venda para o exterior as partidas que são transmitidas pela Globo. Isso poderá render maior valor para a CBV na licitação para a venda dos direitos internacionais de transmissão para casas de apostas. A SportsRadar foi quem pagou pela aquisição desses direitos com exclusividade para revender às plataformas on-line de apostas.