Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Tudo igual

Clubes recusam proposta da CBV, e vôlei não terá ‘bolha’

Redação Publicado em 05/03/2021, às 20h30

Imagem Clubes recusam proposta da CBV, e vôlei não terá ‘bolha’

A Confederação Brasileira de Vôlei anunciou nesta sexta-feira (5) que a proposta pela realização das quartas de final da Superliga em uma ‘bolha’ foi recusara pelos clubes participantes. O plano era criar um local em segurança contra a críticas situação do Covid-19 no Brasil, inspirado no que foi realizado pela NBA em 2020.

A ‘bolha’ seria no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), estrutura em Saquarema, no Rio de Janeiro. A proposta foi feita pelo superintendente de competições de quadra, Renato D´Avila, e pela gerente, Cilda D´Angelis. A CBV arcaria com todos os custos da operação.

Confederação fez reunião virtual com os clubes (Foto: Divulgação/CBV)

Nesta sexta-feira (5), foi feita uma reunião virtual com as equipes, tanto da Superliga Masculina quanto da Superliga Feminina. E a maioria das equipes optou por manter o torneio conforme o planejado, sem alterações de locais e tabelas.

Em nota, a CBV lamentou a decisão dos clubes. “Nosso objetivo era exclusivamente dar segurança e proteção aos atletas, comissões técnicas e todos os envolvidos nas partidas. Estamos acompanhando o crescimento no número de casos de Covid-19 e a fase é preocupante. Entendemos que o sistema de bolha é mais seguro e gostaríamos de fazer nesta circunstância, mas prevaleceu a decisão dos clubes”, comentou Renato D´Avila.