COB lidera ranking mundial de engajamento nas redes sociais dos Comitês Olímpicos Nacionais

Se as redes sociais servirem como um bom termômetro, os atletas brasileiros que estarão nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 poderão contar com uma torcida fervorosa. Isso porque, segundo o ranking montado pela Associação dos Comitês Olímpicos Nacionais (ANOC), que engloba 206 países, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) foi a entidade com maior engajamento nas plataformas digitais próprias nos meses de abril e maio. A última vez que o Brasil ocupou a liderança da lista por dois meses consecutivos foi durante os Jogos de Tóquio, entre julho e agosto de 2021.

Dentre todos os perfis ativos, foi no Facebook que o COB registrou crescimento mais expressivo, com 281.200 engajamentos e 3 milhões de visualizações de vídeos, pulando do 46º lugar em janeiro de 2022 para o 1º lugar em maio.

Outras grandes taxas de crescimento ocorreram no YouTube, saltando do 28º para o 1º lugar, e no TikTok, do 8º para a liderança. Nas demais redes, o COB se manteve no topo no Twitter e chegou ao 2º lugar no Instagram, atrás apenas da República Tcheca.

“Esses números são o resultado de um esforço conjunto que temos feito, no sentido de fortalecer os nossos canais de comunicação. O brasileiro é apaixonado por esportes, e sabemos que, atualmente, as redes sociais se tornaram o espaço preferido dos fãs para obter informações e conversar a respeito das mais diversas competições. Por isso, estamos aperfeiçoando cada vez mais os perfis do Time Brasil”, destacou Rogério Sampaio, diretor geral do COB.

Esses números são o resultado de um esforço conjunto que temos feito, no sentido de fortalecer os nossos canais de comunicação.

Engajamento de fãs

O ex-judoca e hoje gestor do COB espera que as taxas de crescimento se mantenham elevadas para que os atletas brasileiros contem com uma torcida numerosa e engajada em Paris 2024.

“Acredito muito que essa proximidade do COB com seu público poderá estreitar os laços, criando maior afinidade dos torcedores com diversas modalidades esportivas e também com os atletas que disputam cada uma delas. Tudo isso ajuda a estabelecer uma ideia de comunidade, aumentando a base de fãs que estarão na torcida pela nossa delegação na próxima edição dos Jogos”, projetou.

Atualmente, o Time Brasil possui 2,2 milhões de seguidores no Facebook, 1 milhão no TikTok, 851 mil no Instagram, 564 mil no Twitter e 15,6 mil inscritos no YouTube.

Números da liderança

Veja abaixo o caminho do COB nas redes sociais até conseguir a liderança nos últimos meses:

Facebook

Janeiro/2022: 46° lugar (5.500 engajamentos / 8.900 visualizações de vídeos) 

Maio/2022: 1° lugar (281.200 engajamentos / 3.000.000 visualizações de vídeos)

YouTube

Janeiro/2022: 28° lugar (365 visualizações de vídeos / sem novos inscritos no canal)

Maio/2022: 1° lugar (92.700 visualizações de vídeos / 1.000 novos inscritos no canal)

TikTok

Janeiro/2022: 8° lugar (19.200 engajamentos / 457.000 visualizações de vídeos)

Maio/2022: 2° lugar (80.600 engajamentos / 1.200.000 visualizações de vídeos)

Foi a primeira vez na história do ranking que o COB superou 1 milhão de views mensais no TikTok

Instagram

Janeiro/2022: 6° lugar (172.100 engajamentos / 240.000 visualizações de vídeos)

Maio/2022: 2° lugar (222.200 engajamentos / 439.900 visualizações de vídeos)

Twitter

Janeiro/2022: 1° lugar (186.500 engajamentos)

Maio/2022: 1° lugar (112.500 engajamentos)

Top 3 - Engajamento total dos Comitês Olímpicos Nacionais

Abril

1º Brasil: 690.800

2º Itália: 314.000

3º Japão: 304.800

Maio

1º Brasil: 699.800

2º República Tcheca: 486.000

3º Filipinas: 270.400

Fonte: ANOC