Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Guerra

COI arrecada US$ 2 milhões para ajudar Movimento Olímpico da Ucrânia

Verba servirá para preparação de atletas do país para competições internacionais

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 04/04/2022, às 10h25 - Atualizado às 10h27

Vladlen Kozlyuk destaca a bandeira da Ucrânia após ganhar o bronze no Europeu de Luta Greco-romana, em Budapeste - Reprodução / Instagram (@the_olympic_team_ua)
Vladlen Kozlyuk destaca a bandeira da Ucrânia após ganhar o bronze no Europeu de Luta Greco-romana, em Budapeste - Reprodução / Instagram (@the_olympic_team_ua)

O Comitê Olímpico Internacional (COI) destinou US$ 2 milhões para fornecer ajuda humanitária aos atletas olímpicos da Ucrânia, invadida pela Rússia no final de fevereiro.

O fundo é composto por uma doação inicial de US$ 1 milhão do COI e do programa Solidariedade Olímpica e US$ 500 mil dos Comitês Olímpicos Nacionais da Europa. Posteriormente, outras doações foram recebidas de outras entidades do Movimento Olímpico.

Esses recursos têm como objetivo manter o nível do esporte ucraniano, atendendo às necessidades humanitárias imediatas dos atletas ucranianos e cobrindo sua participação em campos de treinamento no país e no exterior, permitindo, assim, a preparação para as competições.

A entidade recomendou no final de fevereiro às demais federações internacionais e organizadores de grandes eventos desportivos que não permitissem a participação de atletas russos e bielorrussos em suas competições. A recomendação também foi estendida aos árbitros de ambos os países.