Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Novidade

De carona no clima olímpico, Corinthians promoverá circuito de surfe

Redação Publicado em 27/07/2021, às 17h00

Imagem De carona no clima olímpico, Corinthians promoverá circuito de surfe

O Corinthians terá um circuito de surfe para chamar de seu. Batizada de ”Circuito Corinthians Surf Club”, a competição tem a homologação da Confederação Brasileira de Surfe (CBSurfe), o que amplia os horizontes e contribuirá para que se tenha a participação de surfistas de grande peso nacional e internacional.

A ideia de patrocinar e dar nome ao torneio surgiu após a disputa e o sucesso do “Surf Treino 2020”. Com a parceria com o departamento de esportes radicais do Corinthians, houve a alteração do nome do campeonato, com o intuito de proporcionar mais visibilidade e credibilidade. A primeira etapa será em Ubatuba já no próximo final de semana (31/07 e 01/08), nas areias da Praia de Itamambuca, em Ubatuba, no litoral norte de São Paulo.

A segunda etapa também já está marcada para a mesma praia entre os dias 30 e 31 de outubro, quando sairão os campeões. No circuito masculino, o vencedor ganhará uma scooter elétrica da empresa especializada em mobilidade elétrica Mobyou, enquanto no feminino o prêmio será uma passagem aérea para o Peru.

Realizado pela família Dantas, cujos irmãos Dantas, Wiggolly e Weslley são patrocinados pelo Corinthians e também pela Mobyou, o “Circuito Corinthians Surf Club” terá como patrocinadores principais o Corinthians, a Mobyou e a Saint Martin. Além disso, contará com o apoio da Associação Ubatuba de Surfe, Cauana, Dr. Mundi, Greenish, Pico da Tribo, Mormaii, Normandie, Pigmeu, Pro–Lite, Quintal do Marinho, Silvia Indaiá, Simedi, Surfline e Wizard.

Divulgação / Circuito Corinthians Surf Club

“Agora que o surfe se tornou olímpico, aumentou a visibilidade do esporte. Com isso, o evento ganhou mais destaque para que novas empresas também incentivem o esporte e os atletas. Queremos oferecer um evento que agregue para o crescimento profissional dos surfistas e da modalidade”, afirmou Edna Murad Hadlik, diretora do departamento de esportes radicais do Corinthians.

“Esportes como o surfe fazem parte do lifestyle que acreditamos. São atletas que representam a bandeira da sustentabilidade e que podem ser e fazer diferente. Trabalhamos com mobilidade elétrica, temos visão de futuro, e queremos incentivar os talentos do surfe”, disse Sergio Ferreira, sócio da Mobyou.

Para competir, as inscrições precisam ser feitas com antecedência pelo telefone (12) 98843-3948, com o pagamento da taxa na sequência, variando de acordo com a categoria: sub-14 (R$ 140); sub-16 (R$ 170); profissional feminino (R$ 250); e profissional masculino (R$ 300).