Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Negócios

Decathlon se junta a outras gigantes do esporte e fecha 60 lojas na Rússia

Varejista francesa seguiu o mesmo caminho já trilhado por marcas como Nike, Adidas e Under Armour

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 30/03/2022, às 06h55

Decathlon decidiu fechar todas as lojas e paralisar também as atividades on-line em solo russo - Reprodução
Decathlon decidiu fechar todas as lojas e paralisar também as atividades on-line em solo russo - Reprodução

A Decathlon anunciou, nesta terça-feira (29), o fechamento das 60 lojas que possui na Rússia e ainda todas as operações da varejista esportiva francesa no país comandado por Vladimir Putin. Com isso, a marca se junta a outras gigantes do segmento esportivo como Nike, Adidas e Under Armour, que também encerraram as atividades em território russo.

As informações foram divulgadas pela Association Familiale Mulliez (AFM), em nome do Grupo Mulliez, controlador da Decathlon, por meio de um comunicado. O motivo alegado, como em todos os outros casos, foi a invasão russa à Ucrânia, iniciada no último dia 24 de fevereiro.

De acordo com a Decathlon, a empresa possuía cerca de 2.500 colaboradores na Rússia. No comunicado, a varejista fez questão de ressaltar que continuará dando apoio e suporte a cada um deles, inclusive pagando seus salários. Alguns dos funcionários faziam parte da equipe da companhia em solo russo desde 2006.

No comunicado, a Decathlon afirmou ainda que as vendas e qualquer tipo de atividade on-line também serão paralisadas no país. Uma das razões dadas é que “as condições de fornecimento não são mais as indicadas para continuar com a atividade na Rússia”.