Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Corridinha

Google registra aumento de interesse pelo esporte em 2020

Redação Publicado em 04/03/2021, às 20h52

Imagem Google registra aumento de interesse pelo esporte em 2020

O ano de pandemia e de isolamento social fez com que os brasileiros aumentassem o interesse em atividades físicas. A constatação é do Google, que registrou a alta em buscas por termos relacionados ao esporte e ainda realizou uma pesquisa no Brasil.

A empresa se juntou aos dados levantados pela consultoria Sport Track e realizou uma pesquisa com 2 mil pessoas entre os dias 24 e 26 de novembro. O cruzamento de dados do Google com a nova pesquisa ratificou o quanto que o brasileiro tem tido um maior interesse pelo esporte.

Entre março e novembro de 2020, as buscas por exercícios em casa cresceram duas vezes, além de um aumento no interesse por Ciclismo (+144%) e Natação (+230%). Segundo a pesquisa da Sport Track, 39% declara ter começado a praticar algum esporte novo no período, com destaque para caminhada (23%), corrida (18%) e bicicleta (10%).

Ibirapuera em tempos de pandemia (Foto: Jorge Araujo/FotosPublicas)

Uma curiosidade do levantamento foi o aumento em 113% nas buscas por meditação e mindfulness, em uma demonstração de que a questão psicológica esteve a frente de questões estéticas.

“Essas práticas fazem parte de uma tendência global do “estar bem”, o que intensifica a procura por formas de se manter saudável e melhorar a qualidade de vida e impulsiona o crescimento do interesse por novas atividades físicas” afirmou o diretor de negócios de varejo do Google, José Melchert.

As pesquisas também apontam um aumento do interesse dos brasileiros por outros esportes além do futebol, ainda que a modalidade mais popular do país permaneça em alta.

As modalidades que mais tiveram crescimento de interesse, segundo a pesquisa, foram o vôlei (com 41% de menções, contra 26% no último levantamento), basquete (21%, contra 8%) e natação (16%, contra 12%). Já em relação à prática, a caminhada assumiu a dianteira, com 30% das respostas, deixando o futebol em segundo lugar, com 29%. A lista ainda tem a corrida (23%), musculação (16%) e ciclismo (11%).