Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Patrocínio

Itaú Unibanco seleciona 30 projetos para apoiar na terceira edição do Edital de Esportes

Ao todo, serão destinados R$ 8,57 milhões, ainda em 2021, para a realização dos projetos nos próximos 24 meses

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 25/11/2021, às 07h58

Projetos aprovados estão distribuídos em 16 cidades de dez estados e contemplam diversas modalidades esportivas - Divulgação / Itaú Unibanco
Projetos aprovados estão distribuídos em 16 cidades de dez estados e contemplam diversas modalidades esportivas - Divulgação / Itaú Unibanco

O Itaú Unibanco selecionou 30 projetos na terceira edição do Edital de Esportes do banco, que disponibiliza recursos financeiros, por meio de patrocínio, para projetos previamente aprovados pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte nas categorias desporto educacional e desporto de formação. O Edital destinará R$ 8,57 milhões, ainda em 2021, para a realização dos projetos nos próximos 24 meses. Ao todo, o Edital recebeu inscrição de 380 projetos.

O objetivo da iniciativa é “contribuir para a criação, fortalecimento, ampliação e continuidade de iniciativas de natureza social, participativa e educacional, que visem a transformação e o impacto social duradouro para o desenvolvimento integral de indivíduos e das comunidades”.

Os 30 projetos aprovados estão distribuídos em 16 cidades de dez estados, contemplando diversas modalidades esportivas, além da formação de educadores e gestores da área de educação física e esporte, com um olhar para a diversidade dos públicos impactados. Entre os projetos estão alguns realizados por instituições que levam o nome de estrelas do esporte nacional, como o Instituto Guga Kuerten e o Instituto Barrichello.

De acordo com o Itaú Unibanco, há uma particularidade na seleção: todos os projetos trabalharão com públicos vulneráveis ou em localidades de alta vulnerabilidade social. Além disso, oito deles realizam ações afirmativas em prol da diversidade no esporte, cinco com turmas exclusivas para mulheres, dois focados em pessoas com deficiência e um com atuação junto à população acima de 50 anos. A lista completa pode ser acessada neste link.

”Acreditamos no esporte como motor de transformação social e, há três anos, temos investido em iniciativas que visam não apenas o ensino de modalidades, mas olham para as pessoas de forma integral, contribuindo para o desenvolvimento delas e das comunidades em que estão. Nos orgulhamos de apoiar, por mais um ano, projetos que criarão novas possibilidades de inclusão para esta geração e as futuras. Este é o legado que queremos deixar”, destacou Luciana Nicola, diretora de relações institucionais, sustentabilidade e empreendedorismo do Itaú Unibanco.