Microsoft compra Activision Blizzard por US$ 68,7 bilhões

A gigante de tecnologia Microsoft anunciou a conclusão de um acordo de US$ 68,7 bilhões, pagos em dinheiro, para comprar a Activision Blizzard, uma das maiores organizações de e-Sports do mundo.

Com o acordo, a Microsoft adquirirá a Activision Blizzard por US$ 95 por ação, formando o que a gigante da tecnologia chama de terceira maior empresa de jogos do mundo em receita, atrás apenas da chinesa Tencent e da japonesa Sony. A Activision Blizzard é a controladora das organizações de e-Sports Major League Gaming, Overwatch League e Call of Duty League, e também possui franquias de jogos líderes de mercado como Warcraft, Overwatch e Call of Duty.

O acordo também representa, de longe, a maior aquisição já feita de uma empresa de videogames. A Activision Blizzard possui quase 400 milhões de jogadores ativos mensais de seus jogos em 190 países.

“Os jogos são a categoria mais dinâmica e empolgante de entretenimento em todas as plataformas hoje e desempenharão um papel fundamental no desenvolvimento das plataformas metaverso”, disse Satya Nadella, presidente e executivo-chefe da Microsoft.

De acordo com o executivo, o negócio anunciado nesta terça-feira (18) eleva o mercado de games a um novo patamar.

“Estamos investindo profundamente em conteúdo de classe mundial, comunidade e nuvem para inaugurar uma nova era de jogos que coloca jogadores e criadores em primeiro lugar e torna os jogos seguros, inclusivos e acessíveis a todos”, concluiu Nadella.

Uma das definições já anunciadas é a de que o polêmico Bobby Kotick continuará atuando como executivo-chefe da Activision Blizzard até o fechamento da transação, prevista para ocorrer no ano fiscal de 2023. A partir daí, os negócios da Activision Blizzard se reportarão ao executivo-chefe da Microsoft Gaming, Phil Spencer. A aquisição também está sujeita a uma aprovação regulatória e dos acionistas.

“Os jogadores de todos os lugares adoram os jogos da Activision Blizzard, e acreditamos que as equipes criativas têm seu melhor trabalho pela frente. Juntos, construiremos um futuro em que as pessoas podem jogar os jogos que quiserem, praticamente em qualquer lugar que quiserem”, disse Spencer.

O valor de compra a US$ 95 por ação trouxe um aumento de 45% sobre o preço de fechamento das ações da Activision Blizzard em 14 de janeiro (US$ 65,39 no mercado de ações Nasdaq).

O negócio também representa um alento para a Activision Blizzard, que vinha enfrentando uma série de alegações de assédio sexual e outras más condutas corporativas sob a batuta de Kotick. Em meio à crise, a empresa disse que demitiu quase 40 funcionários e aplicou punições a mais de 40 outros desde julho.

O executivo da Activision Blizzard celebrou o acerto dizendo que fará com que a empresa ganhe ainda mais peso na concorrência da atenção do consumidor no metaverso.

“A combinação do talento de classe mundial da Activision Blizzard e franquias extraordinárias com a tecnologia da Microsoft, distribuição, acesso a talentos, visão ambiciosa e compromisso compartilhado com jogos e inclusão ajudará a garantir nosso sucesso contínuo em uma indústria cada vez mais competitiva”, resumiu Kotick.