Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / 17 jogos

NFL aprova uma partida a mais por temporada e jogos no exterior

Redação Publicado em 31/03/2021, às 12h55

Imagem NFL aprova uma partida a mais por temporada e jogos no exterior
NFL terá 17 jogos a partir da próxima temporada.
Crédito: Reprodução

A NFL aprovou a proposta para que uma partida seja adicionada à temporada a partir do próximo ano.  Assim, a competição terá 17 jogos na próxima temporada e, além disso, cada franquia terá que jogar pelo menos um jogo em outro país nos próximos oito anos.

"Este é um grande momento para a NFL", disse o Comissário da NFL Roger Goodell. "O último acordo de negociação coletiva e os últimos acordos audiovisuais são a base fundamental para melhorar a experiência dos fãs e um dos benefícios de estender a temporada é que ele nos permite continuar a desenvolver o interesse em todo o mundo", acrescentou ele.

Esta é a primeira vez que há uma mudança na programação da NFL desde 1978, quando foi inaugurada a era dos 16 jogos. A liga inicialmente concordou com os jogadores em não estender o cronograma para a assinatura do novo acordo coletivo de negociação, mas conseguiu contornar essa lacuna com um ajuste adicional. A fim de não aumentar o número de jogos, um jogo foi cortado da pré-temporada.

Esta é uma decisão crucial não apenas na estratégia de internacionalização, mas também para o novo ciclo de direitos audiovisuais, encerrado na semana passada. Os contratos valem cerca de US$ 110 bilhões, a maior quantia da história.

Finalmente, como os jogos agora são de número ímpar, uma franquia descansará a cada semana. O sindicato dos jogadores voltou a levantar preocupações sobre os benefícios para a saúde dos atletas ao ter que jogar um jogo extra de temporada regular. A NFL divulgará o cronograma para a temporada de 2022 nos próximos meses.

Além disso, o comissário da competição está confiante de que a próxima temporada, cujo início será no dia 19 de abril, será jogada com o público nas arquibancadas e sem limites de capacidade. Devido à pandemia, as receitas dos trinta estádios durante a fase regular de 2020 e das finais caíram mais de 90% em comparação com os recordes da temporada de 2019.