Nike e CIEE se unem e darão 21 bolsas de estudos a jovens negros e negras em SP

A Nike fechou uma parceria com o projeto social Somos CIEE para criar 21 bolsas de estudos a jovens negros e negras da Região Metropolitana de São Paulo. O projeto terá duração de quatro anos (2022 a 2025) e promoverá acesso ao ensino superior.

“Atuamos juntos com organizações sociais, especialistas, atletas e funcionários para criar um futuro mais ativo e com condições de jogo mais iguais para todos, priorizando as comunidades conectadas com nossas lojas. Por isso, a parceria com o Somos CIEE é tão importante para potencializar outras iniciativas em execução nesses territórios, ampliando as oportunidades de desenvolvimento humano desses jovens”, afirmou Bruno Teixeira, gerente de propósito da Fisia, distribuidora oficial da Nike no Brasil.

As bolsas, 100% integrais, são oferecidas nos cursos universitários de Administração, Sistemas de Informação e Educação Física da Universidade Anhembi Morumbi. Elas serão destinadas para jovens autodeclarados pretos e pardos. O estudante também receberá uma bolsa auxílio/suporte financeiro durante todo o período de formação para custeio de transporte e alimentação, além de apoio psicossocial e profissional a ser conduzido pelo Somos CIEE.

Para o gerente de Assistência Social do CIEE, Rodrigo Miglio Nader, o recorte racial deste primeiro ano de parceria reforça a importância de ações afirmativas para reparar desigualdades sociais históricas.

“O foco em jovens pretos e pardos permite combater uma desigualdade de gerações. São inúmeras barreiras que afastam a juventude da educação e perpetuam essa situação. Mais do que garantir bolsas de estudo, o Somos CIEE fornece suporte complementar por meio de apoio psicossocial regular e auxílio financeiro para que esses jovens se mantenham no ensino superior, o que também envolve a participação da família desde o início da jornada”, disse o executivo.

Para iniciar o programa, a Nike recorreu à medalhista olímpica de vôlei Fernanda Garay (ouro em Londres 2012 e prata em Tóquio 2020), que gravou um depoimento nas redes sociais do CIEE convidando todos os jovens a conhecer um pouco mais do programa.

“O esporte nos ensina valores que são fundamentais para conquistarmos vitórias também em nossas vidas pessoais. Agarrar com determinação e dedicação as oportunidades que surgem é um grande ensinamento. E essa parceria da Nike com a Associação Somos CIEE proporciona um futuro mais inclusivo e com mais possibilidades para muitos jovens, então esse é o momento de agarrar esta oportunidade. Não deixem de participar e se inscrever no edital”, disse a atleta.

O edital, contendo todas as informações e documentos necessários para a participação, está disponível no portal do Somos CIEE. Das 21 bolsas de estudo oferecidas, sete serão destinadas para jovens cadastrados no CIEE, enquanto as outras 14 serão para comunidades apoiadas pela plataforma “Feito pra Jogar”, de apoio da Nike a parceiros comunitários.

As condições para a inscrição são:

  • Jovens autodeclarados pretos e pardos;
  • Ter cursado integralmente o ensino médio em escola pública;
  • Nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM);
  • Residir na Região Metropolitana de São Paulo;
  • Participantes dos seguintes programas sociais: Associação Hurra (Zona Leste), Instituto Esporte & Educação (Zona Oeste), Instituto Família Barrichello (Centro e Lapa), Instituto Janeth Arcain (Santo André ), Instituto JB12 (Guarulhos), ONG Social Skate (Poá) e Projeto Vida Corrida (Capão Redondo).