Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Marketing

Nova campanha da Nike enxerga futuro do esporte utópico e sem limites

Redação Publicado em 13/07/2021, às 16h25

A Nike lançou, nesta terça-feira (13), o novo vídeo “Best Day Ever” (“Melhor Dia de Todos os Tempos”, em tradução livre), que faz parte da campanha “Play New” (“Vai no Novo”, em tradução livre) da marca. O objetivo do filme é visualizar o mundo sem limites capaz de ser criado pelo esporte, e, por isso, a peça traz, de propósito, alguns momentos no mínimo estranhos, como um tênis nascendo em uma árvore e uma mulher correndo uma maratona em Marte.

De acordo com a Nike, as cenas apresentam um futuro distante e utópico, mas com a ideia embutida “de que podemos criar um futuro melhor, para todos os atletas, graças ao prazer de praticar esportes e brincadeiras”. O filme tenta mostrar, na prática, a crença da fabricante americana de que o esporte tem o poder de inspirar, criar união e ser uma plataforma para mudanças positivas, por mais malucas que elas possam parecer.

“Queremos que as pessoas sintam as emoções e o potencial do esporte, e também queremos apoiar pessoas interessadas em praticar esporte do seu próprio jeito. No novo filme, mostramos atletas atingindo o sucesso. Para nós, porém, um resultado bem-sucedido envolve tudo o que vem antes: o convite para fazer algo que desperta nossa curiosidade, algo que temos vontade de aprender. Sempre enxerguei desse jeito o papel que o esporte desempenha na nossa vida: ele pode ser um impulso incrível para avançar, tanto individualmente quanto em grupo, e na sociedade como um todo”, destacou Dirk-Jam van Hameren, diretor de marketing da Nike.

O vídeo conta com a participação de atletas patrocinados pela marca, como Shelly-Ann Fraser-Pryce (atletismo), Serena Williams (tênis), Diede de Groot (tênis em cadeira de rodas) e LeBron James (basquete). Além disso, também imagina fatos como o esporte sendo declarado um direito humano em todo o mundo e o hipismo sendo disputado por homens e mulheres pulando os obstáculos com cavalos de pelúcia nas mãos.

“Penso que o esporte é uma forma de educação. A gente aprende a ganhar e perder. A gente também aprende a se conectar, e aprende sobre si mesmo. A gente descobre o que nos inspira e quais são nossos interesses. E para conquistar alguma coisa, é preciso dar o primeiro passo. Tudo começa com a intenção inicial – o primeiro arremesso, o primeiro movimento, o primeiro alongamento. Não importa se a gente não é bom naquilo: se não começar, nunca vai descobrir se é capaz de se sair bem – ou de simplesmente curtir a atividade. O futuro pode ser o que quisermos. Só temos que dar o primeiro passo em direção a ele”, completou Dirk-Jam van Hameren.