Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Hóquei no gelo

Pittsburgh Penguins, da NHL, terá mesmo dono de Liverpool e Boston Red Sox

Fenway Sports Group (FSG) foi avaliado, no início deste ano, em US$ 7 bilhões

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 06/12/2021, às 10h15

Recentemente, franquia foi avaliada em US$ 845 milhões pelo site Sportico; valor oficial da negociação não foi revelado - Reprodução / Twitter (@penguins)
Recentemente, franquia foi avaliada em US$ 845 milhões pelo site Sportico; valor oficial da negociação não foi revelado - Reprodução / Twitter (@penguins)

O Pittsburgh Penguins, uma das franquias mais tradicionais da National Hockey League (NHL), foi vendido para o Fenway Sports Group (FSG), conglomerado que, atualmente, também é proprietário do Liverpool e do Boston Red Sox, da Major League Baseball (MLB). Recentemente, a equipe de Pittsburgh havia sido avaliada em US$ 845 milhões pelo site Sportico. O valor oficial da negociação, no entanto, não foi revelado.  

Pelo acordo, o ex-jogador Mario Lemieux e o empresário Ron Burkle, que adquiriram a franquia em 1999, continuarão como parte do grupo de propriedade do time. Vale lembrar que a dupla comprou os Penguins por US$ 107 milhões, resgatando a franquia de uma potencial falência. Desde então, conquistaram três triunfos da Stanley Cup e ainda comandaram a construção da PPG Paints Arena, inaugurada em 2010 e que é a casa do time.

O executivo-chefe David Morehouse, o diretor de operações Kevin Acklin, o presidente de operações de hóquei Brian Burke, o gerente geral Ron Hextall e o técnico Mike Sullivan também serão mantidos em suas funções.

“À medida que os Penguins entram em um novo capítulo, continuarei a ser tão ativo e engajado com a equipe como sempre fui e espero continuar a construir nosso sucesso com nossos novos parceiros do FSG. Eles têm uma filosofia organizacional que reflete a abordagem que funcionou tão bem para mim e Ron nos últimos 22 anos”, destacou Mario Lemieux.

“Mario e eu estamos entusiasmados por nos tornarmos parte do novo grupo de proprietários. O Pittsburgh Penguins estará em boas mãos com o FSG, e Mario e eu estamos aqui para apoiá-los, comprometidos como sempre estivemos com o sucesso da franquia”, complementou Ron Burkle.

“Os Pittsburgh Penguins são uma franquia com uma organização muito forte, uma história incrível e uma base de fãs vibrante e apaixonada. Vamos trabalhar diligentemente para continuar a desenvolver a notável tradição de títulos e jogos emocionantes dos Penguins. Estamos particularmente entusiasmados por dar as boas-vindas a Mario Lemieux e Ron Burkle no FSG. Temos o maior respeito por tudo que fizeram para transformar os Penguins na franquia de sucesso perene que conhecemos hoje”, disse Tom Werner, presidente do FSG.

No início deste ano, o Fenway Sports Group foi avaliado em US$ 7 bilhões. O valor foi alcançado após a empresa receber investimentos da firma de patrimônio privado americana RedBird Capital Partners e do astro do basquete LeBron James.