Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Jovem

Prevent Senior entra no e-Sports com patrocínio ao Black Dragons

Redação Publicado em 18/01/2021, às 10h33

Imagem Prevent Senior entra no e-Sports com patrocínio ao Black Dragons
Equipe do Black Dragons, uma das principais do universo de e-Sports do Brasil, terá patrocínio da Prevent Senior
Divulgação

Plano de saúde que tem como foco o público acima de 50 anos de idade, a Prevent Senior decidiu investir na modalidade que mais se conecta com o público jovem atualmente. A empresa é a nova patrocinadora da organização de e-Sports Black Dragons.

O patrocínio tem como objetivo aproximar a marca da Prevent Senior do público jovem e mostrar a ele os serviços oferecidos pela empresa, que também é dona dos hospitais Sancta Maggiore, a partir do suporte aos atletas que defendem o Black Dragons.

A ideia é que o patrocínio seja dirigido aos atletas, sem exposição de marca na camisa de jogo das equipes do BD. O patrocínio foi fechado após uma consultoria da agência Out of The Mug mostrar que os atletas precisam de apoio para melhorar a saúde física e mental. Como os times são formados por jogadores jovens, muitas vezes a pressão sobre eles pela vitória ocasiona situações de stress.

A Prevent Senior vai oferecer sua estrutura de médicos e hospitais para que os atletas tenham um acompanhamento físico e psicológico ao longo da temporada 2021.

"É importante entender o mercado e saber como atuar preventivamente no conhecimento, desenvolvimento físico e genético dos jogadores profissionais", afirmou Pedro Benedito Batista Júnior, diretor-executivo da Prevent Senior.
Além do acordo para dar melhorias nas condições de saúde dos atletas, a Black Dragons pretende investir também na formação educacional dos jogadores e no bem-estar deles.

"A Black Dragons é uma organização que entende que o futuro desses atletas vai além do conhecimento e habilidade nos games. Nosso propósito é começar a oferecer aos nossos atletas profissionais a possibilidade de se diferenciar no mercado", disse Nicolle Merhy, CEO da organização.