Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / 4%

Projeto pró-esporte feminino da Vivo ganha adesão de seis marcas

Redação Publicado em 02/08/2021, às 17h32

Imagem Projeto pró-esporte feminino da Vivo ganha adesão de seis marcas
Reprodução / Vivo

Há cerca de duas semanas, a Máquina do Esporte informou sobre um projeto da Vivo batizado de 4% cujo objetivo é promover uma reflexão sobre o pouco espaço das mulheres no esporte e, ao mesmo tempo, inspirar uma nova geração de atletas. Nos últimos dias, a iniciativa, que faz parte do movimento #JogueComElas, ganhou a adesão de seis marcas.

De acordo com a Vivo, a lista de novas parceiras conta com Guaraná Antarctica, Bradesco, Unilever Clear, Buscofem, Netshoes e UFC Brasil. O movimento ganhou, inclusive, uma ação no Twitter, chamada de “Marcas que jogam juntas”, em uma espécie de desdobramento do projeto original. A ideia é abrir um diálogo para empresas com projetos que contribuam no reconhecimento do esporte feminino para expandir o debate do tema. As marcas envolvidas levarão à rede social discussões sobre a visibilidade do esporte feminino até o final do período olímpico.

“Seguimos com o objetivo de impactar as pessoas sobre a desigualdade de gênero nos esportes, incentivando as mulheres a buscarem seu espaço. Com mais marcas junto conosco nesse debate, vamos alcançar de diferentes formas o público com esse tema”, destacou Marina Daineze, diretora de marca e comunicação da Vivo.

A sequência de acontecimentos relacionados ao projeto da Vivo lembra o que ocorreu com o Guaraná Antarctica por duas vezes nos últimos dois anos. Em 2019, a marca de refrigerante criou pela primeira vez uma campanha apenas para o futebol feminino. Em seguida, pediu que outras empresas se unissem a ela pela causa. Já em 2020, o Guaraná Antarctica se tornou patrocinador do Brasileirão Feminino e, logo depois, convocou outras empresas a tomarem a mesma atitude.