Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Estratégia

Recém-criada, TropiCaos quer conectar e-Sports a lifestyle, cultura e marcas

Objetivo é atingir um público de cerca de 16 milhões de pessoas até o final do primeiro trimestre de 2022

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 30/09/2021, às 11h08

Rede de influenciadores faz parte da estratégia para fortalecer a presença da TropiCaos no segmento de entretenimento - Divulgação / TropiCaos
Rede de influenciadores faz parte da estratégia para fortalecer a presença da TropiCaos no segmento de entretenimento - Divulgação / TropiCaos

Criada no mês passado após um investimento de R$ 1 milhão, a equipe de e-Sports TropiCaos decidiu criar uma rede de influenciadores para ganhar visibilidade e conectar os esportes eletrônicos ao lifestyle, à cultura e às marcas em geral. Com isso, a ideia é atingir um público de cerca de 8 milhões de pessoas ainda em 2021 e dobrar esse número até o final do primeiro trimestre de 2022.

Para o projeto, batizado de “Influenciadores do Caos”, uma diversidade de perfis passam a fazer parte da organização: o cantor e compositor MC Bin Laden; o atleta e streamer HeyAfro; a streamer Yas; a comentarista de e-Sports Amd22k; o influenciador e youtuber Ambuplay; a streamer Letícia Branco; o youtuber mobile de Free Fire e streamer Canibais; a streamer do Facebook Gaming Bryanna Nask; a youtuber, streamer de Free Fire e “rainha dos lokos” Debb; e o modelo e influenciador de Free Fire Brito TV. 

“Nossos embaixadores foram selecionados a dedo. São artistas e influenciadores que carregam os traços da nossa cultura. São comunicadores que possuem presença, atitude e prestígio nas diferentes comunidades que abrangem nossa característica de entretenimento. Com certeza serão um braço importante e significativo para o futuro da TropiCaos”, explicou Rodrigo “Rodra” Martinez, CEO da TropiCaos.

A criação de uma rede de influenciadores faz parte da estratégia da organização para fortalecer a presença da TropiCaos no segmento de entretenimento, foco da equipe ao lado dos e-Sports. Pelo lado dos jogos eletrônicos, já haviam sido revelados os jogadores e o staff que disputarão a Série B da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) defendendo a equipe, além da estrutura de Gaming House montada em Goiânia (GO). 

“Com a formação dessa rede vamos proporcionar entretenimento proprietário e com capacidade de gerar diálogo entre a TropiCaos, o público, os múltiplos nichos abordados por cada influenciador e a marca que se conectar com esse ecossistema de conteúdo. É o primeiro passo para uma série de produtos de entretenimento que pretendemos lançar no mercado”, finalizou João “Jotinha” Gabriel, sócio e diretor da TropiCaos.