Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Ciclismo

Santander Brasil Ride Espinhaço terá maior premiação da história do ciclismo nacional

Prova será disputada em Conceição do Mato Dentro (MG) e distribuirá, ao todo, R$ 140 mil

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 24/11/2021, às 07h52

Prova será realizada entre 14 e 18 de dezembro, com 12 categorias ao todo - Fabio Piva / Santander Brasil Ride
Prova será realizada entre 14 e 18 de dezembro, com 12 categorias ao todo - Fabio Piva / Santander Brasil Ride

Cada vez mais próximo do ciclismo, o banco Santander anunciou, no último mês de setembro, que passaria a ser o dono dos naming rights do circuito de provas de mountain bike premium Brasil Ride até, pelo menos, dezembro de 2022. Nos últimos meses, algumas provas foram disputadas já sob novo nome e, agora, será a vez da Santander Brasil Ride Espinhaço, que ficará marcada por distribuir a maior premiação da história do ciclismo nacional.

A prova inédita será disputada em Conceição do Mato Dentro (MG) entre os dias 14 e 18 de dezembro. Ao todo, serão mais de R$ 140 mil em prêmios em dinheiro, com homens e mulheres tendo direito a montantes iguais.

Para os dez primeiros colocados das elites masculina e feminina, a premiação totalizará R$ 56 mil, sendo que as duplas vencedoras levarão R$ 10 mil cada. Pelas etapas, na premiação da UCI [Union Cycliste Internationale, associação internacional das federações nacionais de ciclismo], outros R$ 42 mil serão distribuídos pela organização. Por fim, haverá um prêmio inédito no Tour Bike Santander Brasil Ride, o Sprint Brasil Ride, em que uma premiação de R$ 45 mil será dividida (R$ 25 mil para a equipe que for primeira colocada, R$ 15 mil para a segunda e R$ 5 mil para a terceira).

“Esse valor total nunca foi registrado em nenhuma prova de ciclismo no Brasil, algo que é extraordinário e mostra aonde, juntos, nós da Santander Brasil Ride e nossos patrocinadores, podemos chegar. Além disso, haverá um prêmio especial para o ciclista que fizer a volta mais rápida na etapa do cross-country olímpico (XCO), na quarta etapa. Quem for o mais veloz entre os amadores (não federados) ganhará um capacete especial que o Henrique Avancini utilizava e ofertou como prêmio extra“, destacou Mario Roma, fundador do evento.

No Sprint Brasil Ride, a disputa pela premiação será aberta a qualquer categoria em duplas da Santander Brasil Ride Espinhaço. A premiação será para as três primeiras duplas que tiverem o maior número de vitórias ao longo das cinco etapas, com os critérios para classificação final sendo: equipe com maior número de vitórias nas cinco etapas; equipe vencedora da etapa mais longa; maior número de segundos lugares em cada etapa.

De olho nos ciclistas profissionais e também amadores, a Santander Brasil Ride Espinhaço terá 12 categorias ao todo: as oficiais, Open, Feminina, Mista, Master, Grand Master e Corporativa. Além delas, ainda haverá seis premiações especiais: “American Jersey Masculina”, “American Jersey Feminina”, “Nelore”, “Iron Rider”, “Guarini” e “E-MTB”, nesta que será a primeira ultramaratona de mountain bike assistida nas Américas.