Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Correria

São Paulo faz prova-teste para planejar retomada de corridas de rua

Redação Publicado em 23/10/2020, às 18h36

Imagem São Paulo faz prova-teste para planejar retomada de corridas de rua

Os amantes das corridas de rua, modalidade que cresce exponencialmente nos últimos anos no Brasil, receberam uma notícia que os encheu de esperança nesta semana. No próximo domingo (25), a cidade de São Paulo será palco de uma prova-teste que servirá para avaliar a possibilidade da retomada das corridas ainda no ano de 2020.

A corrida servirá para verificar a eficiência de uma série de protocolos sanitários e contará apenas com atletas convidados e inscritos no regulamento oficial. Ao todo, 120 pessoas correrão em um percurso de 5km no Sambódromo do Anhembi, localizado na zona norte da cidade.

A prova-teste terá realização da Associação Brasileira de Corridas de Rua e Esportes Outdoor (ABRACEO) e organização de algumas das mais conhecidas empresas do ramo (TF Sports, Beta Sports, Chelso Sports e Iguana Sports). Além disso, terá alvará da Federação Paulista de Atletismo e apoio da SPTuris e da cidade de São Paulo.

Sambódromo do Anhembi receberá evento-teste para retomada de corridas de rua em São Paulo
Divulgação

De acordo com os organizadores, os atletas selecionados passaram por uma análise criteriosa, gozam de perfeita saúde e não são dos grupos de risco. Participantes e colaboradores preencheram um questionário e terão que seguir uma série de regras no dia da prova, que terá largadas espaçadas a partir das 7h.

O acesso ao local do evento é uma das principais preocupações. Atletas, membros da organização e staffs terão seus dados cadastrados e passarão por triagem na entrada com verificação de temperatura. Familiares e amigos não serão permitidos. Depois, nos 14 dias seguintes, todos os envolvidos serão monitorados para que sejam avaliados eventuais riscos de contaminação

Para se ter uma ideia, a capital paulista, por exemplo, não é anfitriã de uma prova desde meados de março, quando teve início o período de quarentena em virtude da pandemia do coronavírus. Das 140 corridas previstas para o ano na cidade, apenas dez foram realizadas.