Telefónica cria metaverso da Rafa Nadal Academy

A Telefónica lançou, nesta quinta-feira (19), o metaverso da Rafa Nadal Academy by Movistar, uma das principais escolas de tênis do mundo e que pertence ao espanhol Rafael Nadal, ex-número 1 do mundo e atual maior vencedor de Grand Slams da história. Trata-se de um espaço virtual 3D em que os usuários poderão conhecer toda a estrutura do centro esportivo sem a necessidade de se deslocar fisicamente até Manacor, na ilha espanhola de Maiorca.

Com a tecnologia, é possível que o visitante faça o tour por conta própria. O metaverso ainda possui uma sala colaborativa na qual prevê-se que possam ser realizadas reuniões ou encontros por meio de avatares virtuais da academia.

Além disso, também há uma parte lúdica, na qual os usuários desbloquearão conquistas à medida que progridem e, se conseguirem completar todas as missões definidas para eles, poderão obter prêmios por meio de sorteios. Para completar, existem vários minijogos disponíveis ao longo da visita virtual.

“Sinceramente, estou muito surpreso com o quão bem a Academia se saiu no mundo virtual. Acho que é um projeto muito positivo, que permitirá a qualquer pessoa conhecer nossas instalações e programas de qualquer lugar do mundo e de uma forma divertida. Além disso, acredito que alcançaremos um público jovem que se identifica com as novas tecnologias. Graças à Telefónica e ao trabalho de toda a equipe envolvida, fizemos algo novo que todos vão gostar”, comemorou Rafael Nadal.

“Com este novo projeto, a Telefónica demonstra seu forte compromisso em continuar aprofundando e explorando as possibilidades tecnológicas oferecidas pela Web3 ou o metaverso. Agradecemos a toda a equipe que compõe a Rafa Nadal Academy by Movistar que, juntamente com a Telefónica, abrem as suas portas ao metaverso para que todos os interessados ​​possam conhecer um dos centros esportivos mais conceituados do mundo por meio de uma tecnologia envolvente e agradável”, destacou Chema Alonso, diretor digital da Telefónica.

Para anunciar o novo projeto, a empresa decidiu usar o próprio metaverso, realizado a primeira coletiva de imprensa nesse formato em toda a sua história. Os jornalistas que estiveram presentes puderam escolher seus próprios avatares em 3D, acompanhar tudo de uma sala colaborativa com outros colegas localizados em todas as partes do mundo e fazer perguntas como se estivessem fisicamente em Manacor.