Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Sucesso

Track&Field alavanca vendas no terceiro trimestre com estratégia omnichannel

Marca vendeu R$ 217,9 milhões entre julho e setembro, número 83% superior ao mesmo período de 2020

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 18/11/2021, às 10h09

No terceiro trimestre, 48% das vendas captadas pelo e-commerce da Track&Field foram faturadas por lojas físicas - Reprodução
No terceiro trimestre, 48% das vendas captadas pelo e-commerce da Track&Field foram faturadas por lojas físicas - Reprodução

A Track&Field apresentou os resultados da empresa no terceiro trimestre de 2021. Além do aumento nas vendas, atingindo R$ 217,9 milhões, número 83% superior ao mesmo período de 2020 e 89,3% maior quando comparado com 2019, a companhia registrou receita líquida total de R$ 124,8 milhões e lucro líquido ajustado de R$ 20,1 milhões, um crescimento de 209,7% em relação ao mesmo período de 2020 e 86% superior ao terceiro trimestre de 2019.

De acordo com a Track&Field, o contínuo desenvolvimento da estratégia omnichannel, unindo o físico com o digital, somado ao fortalecimento do vínculo com os públicos identificados com a marca, foram os principais motivos para os resultados positivos. Além disso, a agilidade logística e a expansão da rede de lojas também foram considerados pilares essenciais para o crescimento.

"O movimento de retomada da economia, com a reabertura gradual de todas as lojas, foi muito importante para o nosso negócio. Para nos adaptarmos a este novo cenário, investimos muito na digitalização e apostamos forte nas iniciativas omnichannel. Somado a isso, criamos novas formas de relacionamento e ampliamos o nosso ecossistema de experiências para os clientes", afirmou Fernando Tracanella, CFO e diretor de relações com investidores (RI) da Track&Field.

Com 12 novas lojas inauguradas no período, sendo 11 franquias e uma loja própria (outlet), a empresa chegou a 280 unidades espalhadas por todo o país. Em setembro, a primeira “Experience Store” da marca foi inaugurada no Shopping Iguatemi, em São Paulo. Com 230 m², a loja conecta os clientes a um universo de experiências ligadas ao bem-estar e à vida saudável, e conta ainda com o primeiro minimercado e café da marca, o TFCoffee, que oferece um espaço de convivência, cardápio e curadoria de produtos aos consumidores.

Por fim, ao mesmo tempo em que amplia a capilaridade física, a venda digital da Track&Field também vem crescendo de forma alinhada com a rede de lojas próprias e franquias. No terceiro trimestre, 48% das vendas captadas pelo e-commerce foram faturadas por lojas físicas.

"Fechamos mais um trimestre muito otimistas, acelerando projetos importantes para o futuro. Estamos avançando no desenvolvimento da vitrine infinita, que transformará nosso e-commerce em um grande marketplace. Além disso, a plataforma TFSports, que reúne todas as nossas iniciativas de wellness (bem-estar), vem ganhando cada vez mais relevância, com 712 treinadores já conectados aos 227 mil usuários, oferecendo aulas e clínicas em 40 categorias", destacou Fred Wagner, CEO da companhia.

Ainda neste ano, a empresa promoverá seu primeiro evento voltado para investidores. No dia 8 de dezembro, das 10h30 às 12h, Fred Wagner e os principais executivos da Track&Field apresentarão, em transmissão on-line e aberta ao público interessado, o planejamento, as estratégias e a visão da marca para 2022.