Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / 2%

Valor médio de uma franquia da NHL cai pela primeira vez desde 2001

Redação Publicado em 10/12/2020, às 12h55

O valor médio de uma franquia da National Hockey League (NHL) está em baixa pela primeira vez desde 2001, de acordo com a última lista de avaliações de equipes da Forbes.

A publicação estima que o valor médio de uma equipe seja de US$ 653 milhões, uma queda de 2% em relação ao ano passado, quando esse valor subiu 6% para US$667 milhões.

O declínio não é uma surpresa, dada a interrupção causada pela pandemia do coronavírus, que forçou a temporada 2019/20 de NHL a ser concluída à porta fechada.

A receita da liga para a campanha 2019/20 caiu 14% para US$ 4,4 bilhões, de acordo com a Forbes, que disse que a receita operacional caiu 68% para US$ 250 milhões.

No entanto, não houve mudanças no topo da lista, onde as cinco franquias mais valiosas estão avaliadas em US$ 1 bilhão ou mais.

Com uma avaliação de US$ 1,65 bilhão, os New York Rangers continuam sendo a equipe mais valiosa da NHL, seguidos pelos Toronto Maple Leafs (US$ 1,5 bilhão) e os Montreal Canadiens (US$ 1,34 bilhão). Os Chicago Blackhawks (US$ 1,085 bilhão) e os Boston Bruins (US$ 1 bilhão) completam os cinco primeiros.

A Forbes acrescentou que essas cinco equipes foram responsáveis por quase um quarto da receita da NHL durante a temporada 2019/20, o que teria feito a liga perder US$50 milhões sem elas.