World Footvolley lança segunda edição de série sobre Mundial no RJ

A World Footvolley, empresa criadora da primeira liga e ranking mundial de futevôlei, anunciou, nesta terça-feira (15), o lançamento da segunda edição de uma série documental com o intuito de fortalecer o esporte como oferta de entretenimento. Batizado de WF Stars, o documentário conta os detalhes sobre a experiência das melhores equipes do mundo durante o último Mundial, realizado na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, em novembro de 2021, que marcou o retorno às competições internacionais com uma etapa inédita naquele que é considerado o berço da modalidade.

Com um novo formato, com seis episódios de cinco minutos, a série poderá ser assistida a partir desta terça-feira (15) no canal da World Footvolley no YouTube. Os episódios serão divulgados toda terça-feira, às 20h.

De forma dinâmica, são relatados os preparativos para o evento, encontro de gerações, visitas a pontos turísticos, ações sociais e os principais confrontos dentro de quadra.   

“Novamente, a World Footvolley vai além do tradicional para valorizar nosso esporte e quem somos como pessoas. É um trabalho que vem evoluindo a cada ano, buscando destacar cada vez mais nossa imagem como referências do esporte. Torcemos para que, com o tempo, isso venha trazer grandes frutos para o futevôlei”, comentou Natalia Guitler, campeã da etapa.  

”Assim como em outros esportes de sucesso, o futevôlei tem o potencial de se tornar uma oferta de entretenimento a milhões de fãs pelo mundo”, afirmou Luiz Gomes, fundador da World Footvolley.

Vale lembrar que, em novembro, mais de 5 mil pessoas lotaram a arena durante os três dias de competição, que contou com mais de 1,3 milhão de espectadores durante as transmissões on-line, pelo Sportv na TV fechada e ainda parceiros de mídia internacionais. As cariocas Natalia e Vanessa ficaram com o título feminino, enquanto os alagoanos Hiltinho e Franklin garantiram o troféu no masculino.