Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Tóquio 2020 / Tendência

Após pratas de Kelvin e Rayssa, skate vê “boom” de vendas no Brasil

Erich Beting Publicado em 29/07/2021, às 15h40

Imagem Após pratas de Kelvin e Rayssa, skate vê “boom” de vendas no Brasil

As medalhas de prata conquistadas pelos skatistas brasileiros Kelvin Hoefler e Rayssa Leal, no primeiro final de semana dos Jogos Olímpicos de Tóquio, ajudaram não apenas no aumento de audiência da Globo, emissora que transmite a Olimpíada na TV aberta.

A busca e compra de skates no mercado brasileiro teve um salto na segunda-feira, dia seguinte à conquista da prata por Rayssa Leal. É isso o que apontam duas das principais plataformas de e-commerce do Brasil, Mercado Livre e OLX.

OUÇA A ENTREVISTA COM DUDA MUSA, PRESIDENTE DA CBSK

"As medalhas conquistadas pelo Brasil no Skate vêm sendo um incentivo para que as pessoas experimentem novas práticas esportivas, e os dados da nossa plataforma refletem essas tendências. O crescimento do segmento de compra e venda de itens usados indicam a reinvenção do modelo de consumo e reflete os novos hábitos dos brasileiros, que procuram produtos de qualidade com preços mais acessíveis, fomentando a economia circular", afirmou Andries Oudshoorn, CEO da OLX Brasil.

A plataforma que negocia produtos usados teve, nos dias 25 e 26 de julho, um aumento de 101% na busca por skate, sendo que o termo “skate street”, modalidade que estava em disputa em Tóquio, teve um incremento de 153% nas buscas. Em relação às vendas, o skate longboard registrou 67% a mais em vendas, enquanto o skate teve 51% mais de itens vendidos.

Rayssa Leal conquistou a inédita medalha de prata em Tóquio
Divulgação

O fenômeno foi parecido com o vivido pelo Mercado Livre, que na última segunda-feira (26) registrou recorde de vendas de patins e skates, sendo a maior comercialização do segmento em 2021. Segundo a plataforma, houve 50% a mais de vendas em relação às quatro segundas-feiras anteriores às conquistas olímpicas.

Já no site Cuponomia, que oferece cupons de descontos para as compras de itens, a busca por cupons em skates aumentou absurdamente, em 614%.

“As Olimpíadas colocam os esportes no centro das atenções e trazem maior visibilidade até para aquelas modalidades que não são tão conhecidas pelo público em geral. No Brasil, isso explica as altas nos esportes em que os atletas nacionais vêm conquistando melhores resultados, como surfe, skate e outros”, disse Ivan Zeredo, diretor de marketing do Cuponomia.

Os resultados confirmam a percepção de Eduardo Musa, presidente da Confederação Brasileira de Skate. Na última quarta-feira (28), em entrevista exclusiva à Máquina do Esporte, o executivo falou dos planos da confederação para o pós-Tóquio, já projetando uma procura maior pela prática esportiva.