Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Tóquio 2020 / Ippon

Português ganha bronze e dedica medalha a Puma e Adidas

Redação Publicado em 29/07/2021, às 12h19

Imagem Português ganha bronze e dedica medalha a Puma e Adidas
Jorge Fonseca chora com a medalha de bronze no peito
Divulgação

O português Jorge Fonseca fez história no judô na categoria -100kg. Ao bater o canadense Shady Elnahas, ele se tornou o terceiro judoca português a ganhar uma medalha olímpica, a 25ª conquista portuguesa na história das Olimpíadas. Mas o que realmente chamou a atenção após a conquista foi a quem ele dedicou sua medalha.

“Vou dedicar a medalha para Adidas e Puma. Porque me disseram que eu não tinha capacidade para ser representante da Puma, então eu dedico essa medalha para os dirigentes de Puma e Adidas. Já mostrei que sou bicampeão do mundo, terceiro nos Jogos Olímpicos, qual estatuto mais eu preciso ter para ser patrocinado por eles? Essa medalha eu dedico para eles e um grande beijinho. Força, Portugal!”, declarou o judoca ainda à beira do tatame.

Fonseca chegou ao Japão como principal candidato ao ouro. Bicampeão mundial, sendo a segunda das conquistas no próprio Japão, em 2019, o judoca português de 28 anos, que é nascido em São Tomé e Príncipe, era o grande favorito ao lugar mais alto do pódio. Na semifinal, porém, ele teve cãibra na mão e acabou perdendo a disputa para o sul-coreano Cho Gul-Ham, que terminou com a medalha de prata. Segundo o judoca, a cãibra se manifesta geralmente quando ele fica nervoso. Por isso, o judoca ficou insatisfeito com a performance.

“Sou bicampeão do mundo, eu trabalho para o ouro, não para o bronze. Vou trabalhar para o ouro em Paris”, disse Fonseca.

Resta saber se, para esse próximo ciclo olímpico, ele terá a companhia de alguma marca esportiva...