Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Tóquio 2020 / Redes Sociais

Rayssa Leal é a atleta mais comentada do mundo no Twitter

Redação Publicado em 09/08/2021, às 21h20

Imagem Rayssa Leal é a atleta mais comentada do mundo no Twitter
Reprodução / Twitter (@rayssaleal)

Com a simplicidade e a alegria de uma criança se divertindo durante o período de provas de skate street nos Jogos Olímpicos, Rayssa Leal conquistou não apenas a medalha de prata olímpica, mas também a atenção do mundo todo, ao menos no Twitter.

A brasileira terminou a Olimpíada como a atleta mais comentada do mundo na rede social, à frente de nomes consagrados como a ginasta Simone Biles, os tenistas Novak Djokovic e Naomi Osaka, o astro do basquete Kevin Durant e tantos outros.

O sucesso alcançado pela jovem estrela brasileira foi meteórico, uma vez que a atleta de apenas 12 anos sequer possuía um grande número de seguidores na rede social. Em pouco mais de duas semanas de Jogos, Rayssa saltou para mais de 430 mil seguidores e ainda passou a possuir o selo de verificação da rede social, concedido para perfis oficiais de celebridades, atletas profissionais, jornalistas e militantes políticos.

No Brasil, o Top 5 de atletas mais comentados teve ainda a ginasta Rebeca Andrade (2º), o surfista Ítalo Ferreira (3º), o também surfista Gabriel Medina (4º) e a jogadora de vôlei Fernanda Garay (5º). Entre os 10 atletas mais comentados por aqui, apenas a americana Simone Biles (6º) não é brasileira. No Twitter global, Rayssa ficou à frente de Biles (2º), do indiano Neeraj Chopra, do lançamento de dardo (3º), da jogadora de vôlei sul-coreana Kim Yeon-koung (4º) e da indonésia Greysia Polii, do badminton (5º).

Outro dado interessante divulgado pelo Twitter foi de que o vôlei foi o esporte mais comentado do mundo durante os Jogos, figurando à frente do futebol, que obteve a segunda colocação geral, mas chegou a liderar os “trending topics” global durante a final Brasil x Espanha, que consagrou o futebol masculino brasileiro como bicampeão olímpico. O Top 5 global de esportes ainda teve basquete (3º), skate (4º) e ginástica artística (5º). No Brasil, o Top 5 teve, além da liderança do vôlei, o skate (2º), o futebol (3º), a ginástica artística (4º) e o surfe (5º).