Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Tóquio 2020 / País do vôlei

Vitórias suadas do vôlei masculino alavancam madrugada da Globo

Redação Publicado em 02/08/2021, às 15h09

Imagem Vitórias suadas do vôlei masculino alavancam madrugada da Globo
Jonne Roriz / COB

A seleção masculina de vôlei vem mexendo com o coração do torcedor brasileiro. Após uma vitória histórica de virada sobre a Argentina e uma derrota contundente frente à Rússia, o time comandado por Renan Dal Zotto venceu duas partidas suadas contra Estados Unidos e França, alavancando de vez a audiência nas madrugadas olímpicas da Globo.

Contra os americanos, na madrugada de quinta (29) para sexta-feira (30), a vitória por 3 a 1 elevou de forma significativa as médias de audiência da emissora carioca o no horário (das 23h05 à 1h35). O resultado foi considerado bastante interessante para a Globo em todo o Brasil.

No Rio de Janeiro, a vitória brasileira rendeu 16 pontos de média com 38% de participação, subindo em quatro pontos a média da emissora no horário. Já em São Paulo, foram 13 pontos com 32% de participação, três pontos a mais na comparação com as últimas quatro semanas.

Por fim, no Painel Nacional de Televisores (PNT), que engloba os números de 12 capitais, a partida marcou 13 pontos com 36% de participação, um aumento de mais de 40% na audiência da Globo na faixa horária.

Já a transmissão da vitória por 3 a 2 sobre a França, com direito a derrota no segundo set por 39 a 37 e tie-break com vitória de 20 a 18 após salvar quatro match points contra, também alcançou bons números. A partida foi disputada na madrugada de sábado (31) para domingo (1º).

Dramático, o jogo aumentou em mais de 50% a audiência da Globo no horário (das 23h03 à 1h59). Foram 14 pontos de média no PNT e também em São Paulo, tornando-se a maior marca da emissora na capital paulista desde o especial sobre o Big Brother Brasil, exibido em maio deste ano. No Rio de Janeiro, os números foram ainda melhores, com a transmissão alcançando 17 pontos de média, maior audiência da emissora na faixa horária desde o último desfile das escolas de samba cariocas no Carnaval, ocorrido em fevereiro de 2020.