#TBT: O que mudou após 25 anos do primeiro título de Gustavo Kuerten em Roland Garros

Marcas como Diadora e Head ganharam força no país graças à ascensão do tenista brasileiro

Gustavo Kuerten, à época apenas o número 66 do ranking mundial, assombrou o universo do tênis em 1997, ao vencer um dos torneios mais importantes do circuito, o Grand Slam de Roland Garros. Em quadra, Guga passou por nomes consagrados, como o austríaco Thomas Muster, o ucraniano Andrei Medvedev, o russo Yevgeny Kafelnikov e o espanhol Sergi Bruguera, este na final.

O resultado serviu para impulsionar a carreira do catarinense, que venceria o torneio mais duas vezes (2000 e 2001) e ainda se tornaria número 1 do mundo no final de 2000. Mas e fora das quatro linhas?

O #TBT Máquina do Esporte desta semana, apresentado por Erich Beting, relembra os 25 anos do primeiro título de Gustavo Kuerten em Roland Garros do ponto de vista dos negócios. Saiba como Guga virou um fenômeno da publicidade e como ele gerencia a carreira atualmente.

Assista abaixo: