Vôlei

CBV fecha parceria e testará todos os jogadores

por Redação
A
A

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) assinou um acordo com a startup de tecnologia em saúde testfy. Um dos serviços oferecidos pela empresa é a coleta domiciliar para Covid-19.

A parceria entre a empresa e a CBV envolve a testagem para COVID-19 em todos os atletas, seguindo rigorosamente os protocolos da Confederação Brasileira de Vôlei. O acordo é válido durante a temporada 2020 e 2021 e engloba ativações promocionais, merchandising, redes sociais e promoções de ações e eventos.

publicidade
publicidade

O patrocínio envolve os quatro eventos realizados pela CBV durante a temporada, dentre eles, Troféu Super Vôlei Banco do Brasil, Superliga Banco do Brasil, Supercopa de Vôlei e Copa Brasil.

“Depois do sucesso que obtivemos com o retorno do voleibol de praia, finalmente chegou a vez do vôlei de quadra. Todos os atletas são testados e tudo é feito com a maior precaução possível”, diz Radamés Lattari, Diretor Executivo da CBV.

publicidade

De acordo com Gustavo Janaudis, CEO da testfy, essa parceria representa um grande marco para a companhia. "Lançamos a empresa em Janeiro de 2020 e sempre tivemos como a nossa maior missão conectar serviços, prover acesso ao diagnóstico e sempre com grande foco em segurança e bem-estar. O acordo com a Confederação Brasileira de Vôlei revela a confiança e consistência do crescimento da healthtech", finaliza Janaudis.

publicidade

Por Liga NESCAU, Falcão se aventura em dez modalidades