Opinião: Digital revoluciona capacitação no esporte

Nos últimos anos, a oferta de cursos on-line aumentou em todos os setores. E no esporte não é diferente. Novas – e boas – opções vêm surgindo para qualificar ainda mais os profissionais que já atuam na área e os que querem fazer parte da indústria esportiva. Em um país de dimensão continental como o Brasil, as aulas a distância e por vídeo já têm um papel importante para melhorar a capacitação nos quatro cantos do país.

Quando cursei pós-graduação em marketing e gestão esportiva nos já longínquos anos de 2006 e 2007 na Trevisan Escola de Negócios (onde tive Erich Beting como professor!), pouquíssimas – e caras – eram as opções para adquirir mais conhecimento sobre o esporte. Com o avanço da tecnologia e a consolidação do conteúdo digital de diversas formas, o cenário se transformou e se tornou mais democrático por conta da quantidade e dos valores mais acessíveis.

Lançada em novembro de 2021, a SporTeach é um exemplo disso. A plataforma reúne nomes de peso da indústria do esporte brasileiro, como Bernardo Pontes, o próprio Erich Beting, Lênin Franco, Ricardo Fort, Helena Calil, Diogo Kotscho, Eric Faria, Danielle Vilhena, entre outros, e oferece cursos que custam a partir de R$ 29.

“A SporTeach surgiu em uma identificação de oportunidade em cima de cursos que eu lecionava, e sigo lecionando, em outras instituições de ensino. Nas aulas presenciais que dava antes da pandemia, percebi que havia demanda de diversas pessoas que não moravam nos locais que dava aula”, comentou Bernardo Pontes, fundador da SporTeach.

“O objetivo da SporTeach é a democratização do conteúdo e aproximação a pessoas que não têm contato ou oportunidade para absorver conhecimento. Por meio de conteúdo em uma plataforma digital, oferecemos os mais diversos temas do mercado esportivo. Buscamos capacitar com preços bem mais acessíveis e possibilidades mais direcionadas do que cursos mais extensos, como pós-graduações e MBAs”, concluiu Bernardo.

Também lançado no final de 2021, o curso de imersão em Finanças e Investimentos para Atletas foi criado pelo ex-jogador William Machado, em parceria com as empresas FK Partners e Smart Money. Multicampeão dentro das quatro linhas por Corinthians e Grêmio, o ex-atleta, que também é formado em Ciências Contábeis, encontrou no curso uma forma de compartilhar toda a experiência e o conhecimento adquiridos desde o início da sua carreira de atleta até hoje, e reforçar a importância da educação financeira para o mercado do futebol.

“O objetivo principal do curso é preparar os próprios atletas ou quem cuida de suas respectivas carreiras no âmbito financeiro para que tenham uma vida mais tranquila após pendurarem as chuteiras. O plano de vida de um atleta é diferente de uma profissão mais comum, que trabalha até os 65 anos. Por isso, exige um preparo especial”, disse William Machado.

“O curso parte de explicações com orientações mais básicas e chega a orientações sobre cuidados especiais e investimentos específicos”, completou.

O conteúdo digital não mudou apenas a forma como ligas, federações, clubes, jogadores, marcas e influenciadores passaram a se comunicar com os fãs. O conteúdo digital também revolucionou e democratizou a educação no mercado esportivo. Ao contrário de alguns anos atrás, hoje a capacitação no esporte é muito mais acessível. O resultado desta transformação promete ser muito positiva e refletir em uma indústria do esporte ainda mais profissional no Brasil.

André Stepan é jornalista, pós-graduado em marketing esportivo, especialista em comunicação e conteúdo digital e escreve mensalmente na Máquina do Esporte