Memorabília do Esporte e Ultimato do Bacon lançam HQ "Oscar e o Pan de 87"

História em quadrinhos com narrativa do ex-camisa 14 terá tiragem limitada a mil exemplares

A Memorabília do Esporte, projeto que tem como objetivo principal a produção de séries exclusivas em homenagem a atletas e efemérides do esporte brasileiro, e o Ultimato do Bacon, produtora de conteúdo especializada em quadrinhos, lançaram, nesta terça-feira (28), a HQ “Oscar e o Pan de 87”.

De acordo com a Memorabília do Esporte, trata-se de um registro inédito da campanha vitoriosa da seleção brasileira de basquete masculino nos Jogos Pan-Americanos de Indianápolis 1987, com narrativa do ex-camisa 14 Oscar Schmidt. Em 23 de agosto de 2022, a conquista completará 35 anos.

A história em quadrinhos, que terá tiragem limitada a mil exemplares, já está em pré-venda neste site por R$ 45. Com 100 páginas coloridas, a revista tem roteiro de Milena Azevedo, desenhos de Isaque Sagara e cores de Thaynan Lana, Bernardo Spengler e Rodrigo Matos. A HQ conta ainda com extras especiais: textos do próprio Oscar, do jornalista Álvaro José, do ex-capitão da seleção brasileira de basquete masculino Marcelinho Machado e de Sidney Gusman, jornalista e editor da Maurício de Sousa Editora.

“Aquela foi a melhor seleção brasileira em que joguei. E não falo isso por termos vencido aquele Pan. Falo por tudo que construímos: pela amizade, pela união, comprometimento, respeito, por tudo que vivemos juntos. A revista ficou linda, conta de um jeito muito especial uma história que precisa ser lembrada sempre. São 35 anos. Naquele dia, mudamos o jogo. Aquela medalha de ouro mudou a história do basquete para sempre”, lembrou Oscar.

“Lembro daquela final. Eu tinha 9 anos, mas já entendia o que era ver Oscar em quadra, ver o Brasil vencendo os EUA. Hoje, com a Memorabília do Esporte, temos a chance de contar aquela história com uma enorme riqueza de detalhes, oferecendo um formato diferente, o das HQs, que nos permite levar aquele feito aos mais jovens, que não conhecem ou pouco sabem sobre aquele momento histórico. Ao mesmo tempo, a linguagem dos quadrinhos não tem idade e nos permite viajar no tempo”, disse Bruno Neves, cofundador da Memorabília do Esporte.

Lançado em 2021 pelos jornalistas Bruno Neves e Samy Vaisman (colunista da Máquina do Esporte), o projeto Memorabília do Esporte tem como foco o trabalho de resgate da memória de ídolos e momentos. Todas as coleções são de criação própria, numeradas, seriadas e autografadas. As produções são inéditas e assinadas por artistas nacionais, com selo e certificado de autenticidade da SportsBília Brasil, primeira certificadora de itens esportivos da América Latina.