Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Renovado!

ESPN mantém transmissão da Premier League no Brasil até 2025

Emissora vence concorrência com a WarnerMedia e renova por mais três anos direitos do Inglês

Redação Publicado em 14/01/2022, às 07h36

Natalie Gedra é repórter da ESPN para a cobertura dos times ingleses e da transmissão de jogos da Premier League - Reprodução/Facebook ESPN
Natalie Gedra é repórter da ESPN para a cobertura dos times ingleses e da transmissão de jogos da Premier League - Reprodução/Facebook ESPN

Os canais ESPN e a plataforma de streaming Star+ vão transmitir a Premier League pelo período das temporadas 2022/23 a 2024/25. Na noite de quinta-feira (13) a liga inglesa confirmou à emissora do grupo Disney que ela tinha sido a vencedora da concorrência pelos direitos da competição, batendo a WarnerMedia.

Com o acerto, a ESPN completará quase 20 anos de transmissão do campeonato inglês no Brasil. A parceria de longo prazo, aliás, pesou em favor da emissora na hora de definir o vencedor da licitação.

De acordo com Gabriel Vaquer, do site Notícias da TV, a ESPN fez uma proposta cerca de 35% maior em valor do que quando venceu a última concorrência pelos direitos. O valor mínimo cobrado pela Premier League para o triênio era de US$ 25 milhões.

Com a aquisição dos direitos, a Disney consegue manter seu principal campeonato de futebol, reforçando a oferta de competições nacionais europeias em sua grade. Além do Inglês, a emissora transmite os campeonatos Espanhol, Francês e Italiano. Dos cinco maiores torneios do Velho Continente, apenas a Bundesliga, que tem acordo com a plataforma de streaming OneFootball, não está na grade da ESPN e do Star+.

A perda dos direitos também significa um duro golpe para a nova estratégia da WarnerMedia para a transmissão esportiva no mercado brasileiro. Detentora dos direitos da Champions League em TV paga e streaming, a empresa apostava na Premier League para ocupar os finais de semana, substituindo o Campeonato Brasileiro, que até o ano passado tinha sete clubes com os quais ela tinha contrato. A plataforma de streaming HBO Max, porém, tem como “consolação” transmitir pelos próximos três meses o Campeonato Paulista.