Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Negócios

Real Madrid cede 20% do novo Santiago Bernabéu para Legends

Empresa americana poderá gastar até € 440 milhões para acelerar reforma do estádio

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 28/01/2022, às 12h00 - Atualizado às 12h02

Legends explorará comercialmente novo Santiago Bernabéu por 25 anos - Divulgação / Real Madrid
Legends explorará comercialmente novo Santiago Bernabéu por 25 anos - Divulgação / Real Madrid

O Real Madrid fechou um acordo de 25 anos com a empresa americana Legends, especializada na comercialização de arenas esportivas. Segundo o site VozPópuli, a Legends ficaria com 20% dos lucros do novo Estádio Santiago Bernabéu neste período.

A Legends é propriedade do fundo de capital de risco Sixth Street, que também é dono de 20% do San Antonio Spurs (NBA). A empresa foi criada por uma aliança empresarial entre o New York Yankees, da MLB (liga de beisebol) e o Dallas Cowboys, da NFL (liga de futebol americano).

A previsão da Legends é conseguir uma receita global entre € 400 milhões e € 440 milhões por ano por meio da comercialização do novo estádio com atividades de vários tipos, como shows, lojas e restaurantes. O valor é bem superior aos € 150 milhões que o Real Madrid vinha ganhando pelo espaço antes da pandemia.

No curto prazo, a Legends injetaria cerca de € 150 milhões expansíveis a até € 440 milhões desde que o clube merengue atinja metas na construção do entorno do estádio. O Real Madrid pegou empréstimo de cerca de € 1 bilhão, incluindo juros, para ser pago em até 30 anos.

A mais recente novidade no projeto de reforma do estádio envolve dois estacionamentos subterrâneos com até 1.667 vagas. Esses estacionamentos, com custo entre € 65 milhões e € 80 milhões, permitiriam ao Real Madrid e seus financiadores um faturamento de € 270 milhões durante 30 anos em uma hipotética concessão. Por causa do impacto no trânsito, a iniciativa ainda precisa de aprovação da Câmara Municipal de Madri.

A estreia do estádio reformado está prevista para meados ou final deste ano. Mas há obras, como os estacionamentos, que serão concluídas mais tarde, entre 2024 e 2025.

Com o estádio revitalizado, o Real Madrid deve dobrar de valor. A ideia do presidente do clube, Florentino Pérez, é fazer frente a times emergentes, como Manchester City e PSG. A meta do dirigente é que o Real Madrid passe a valer entre € 6 bilhões e € 8 bilhões até o final de 2025, último ano de seu mandato atual. Segundo estimativas da KPMG, Forbes e 2Playbook, o Real Madrid vale hoje entre € 3 bilhões e € 4 bilhões.

Outro objetivo de Pérez é dobrar o Ebitda (lucro antes das despesas financeiras) do time, que foi de € 180 milhões no ano passado. O time merengue faturou € 656 milhões na última temporada. O Real Madrid tem em caixa cerca de € 360 ​​milhões em empréstimos ainda não utilizados, além de cerca de € 125 milhões em receitas, resultado das medidas de contenção de gastos tomadas para diminuir os efeitos da pandemia nas finanças do clube.