Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Patrocínio

River Plate fecha naming rights do Monumental de Núñez com Grupo GDN

Estádio será chamado de Mâs Monumental até abril de 2029, após investimento de cerca de US$ 20 milhões

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 06/04/2022, às 08h30

Contrato de naming rights ajudará o River Plate a transformar Monumental de Núñez no maior estádio da América do Sul - Reprodução / Twitter (@RiverPlate)
Contrato de naming rights ajudará o River Plate a transformar Monumental de Núñez no maior estádio da América do Sul - Reprodução / Twitter (@RiverPlate)

O River Plate anunciou, nesta terça-feira (5), um acordo de naming rights para o Estádio Monumental de Núñez com o Grupo GDN (Grupo De Narváez), dono de diversas redes de supermercados no país, como Hiper ChangoMas, ChangoMas, Super ChangoMas, Punto Mayorista e MasOnline. Pelo contrato, assinado até abril de 2029, o maior estádio argentino passará a ser chamado de Mâs Monumental.

De acordo com o River Plate, o novo nome será estampado em diversos outdoors dentro e fora do estádio, assim como em um outdoor de boas-vindas no River Camp, centro de treinamento de alta performance do clube, que fica em Ezeiza, na região metropolitana de Buenos Aires, e teve as novas instalações inauguradas em 2016.

De acordo com o site argentino Infobae, o grupo GDN investirá cerca de US$ 20 milhões para ter os direitos de nome pelos próximos sete anos. O montante é visto como essencial pelo clube para concretizar as obras de reforma, ampliação e modernização do agora Mâs Monumental anunciadas no início de fevereiro e que pretendem transformar o estádio no maior da América do Sul.

Atualmente, quem detém o status é o Estádio Monumental de Lima, no Peru, que comporta 80 mil torcedores. Com as reformas, o River Plate espera aumentar a capacidade do Monumental de 72 mil para 81 mil lugares. O projeto todo tem orçamento estimado em US$ 40 milhões.

“É algo inédito na história do futebol argentino. Esta aliança é histórica para o River e para os sócios e torcedores do nosso clube. As modernizações e ampliações de estádios ao redor do mundo se materializaram por meio dos naming rights, e por isso comemoramos a chegada do Mâs, que nos ajudará a realizar nosso sonho de ter um Estádio Monumental maior, mais confortável e com mais benefícios para nossos torcedores. O Monumental será o maior estádio da América do Sul, e isso nos enche de orgulho”, celebrou Jorge Brito, presidente do River Plate.

“Esta união, entre um clube de prestígio que representa a paixão de milhões de argentinos e uma empresa como a nossa, desenvolvida em todo o país com mais de 92 filiais, é um convite ao crescimento. A Argentina é um país com emoções misturadas: por um lado, vivemos num cenário de desafios constantes, mas por outro há muita paixão e vontade de vê-lo crescer. Os argentinos querem e escolhem apostar no país, e decidimos ser um jogador de destaque”, afirmou Francisco de Narváez, presidente do Grupo GDN.

O GDN Argentina é o nono maior empregador privado do país, com mais de 9.200 funcionários diretos em 92 lojas, distribuídas em 21 províncias do território nacional e da Cidade Autônoma de Buenos Aires. Atualmente, opera em diferentes formatos, sob as marcas Hiper ChangoMas, ChangoMas, Super ChangoMas e Punto Mayorista, além da plataforma de e-commerce MasOnline.