Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Futebol / Gestão

UEFA e CONMEBOL abrem escritório em conjunto em Londres

Primeiro projeto conjunto, Finalíssima, teve ingressos esgotados em uma semana

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 04/04/2022, às 10h52 - Atualizado às 10h54

Aleksander Ceferin (UEFA) e Alejandro Domínguez (CONMEBOL) se cumprimentam na inauguração do escritório conjunto - Divulgação / CONMEBOL
Aleksander Ceferin (UEFA) e Alejandro Domínguez (CONMEBOL) se cumprimentam na inauguração do escritório conjunto - Divulgação / CONMEBOL

A UEFA e a CONMEBOL inauguraram, nesta segunda-feira (4), um escritório em conjunto em Londres. A abertura da filial das entidades na capital inglesa foi acompanhada do anúncio de que o primeiro projeto em conjunto das duas confederações, a Finalíssima, vendeu todos os ingressos disponibilizados em uma semana. Restam apenas algumas poucas entradas da cota reservada a patrocinadores. O jogo colocará em campo a vencedora da Euro, a Itália, e a campeã da Copa América, a Argentina.

O presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, reeleito na semana passada, e o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, estiveram presentes na abertura do escritório compartilhado.

“Construir uma relação frutífera e duradoura como a nossa foi fácil, pois partilhamos o mesmo amor e paixão pelo futebol. Este escritório compartilhado é o próximo passo simbólico na direção certa para a UEFA e a CONMEBOL. Isso nos ajudará a trabalhar em conjunto para desenvolver o futebol nas nossas confederações e no mundo todo”, disse Ceferin.

As duas confederações atuaram em conjunto para implodir um projeto da FIFA de realizar a Copa do Mundo a cada dois anos. As entidades também assinaram um acordo de cooperação estratégica em fevereiro de 2020, que foi renovado em dezembro de 2021.

“A CONMEBOL e a UEFA decidiram levar sua cooperação a um nível estratégico mais alto. Somos os dois continentes com maior tradição e prestígio no esporte mais popular do planeta. Em campo, somos rivais leais. Mas a compreensão de que o futebol é uma força poderosa para sociedades tolerantes, pacíficas e pluralistas nos une”, afirmou Domínguez.

O local trabalhará em ”projetos comuns, incluindo competições, em várias áreas”, segundo informou a UEFA. Além dos eventos, a cooperação ainda incluirá o trabalho em programas conjuntos de arbitragem e treinamento.

Por fim, as confederações indicaram que a entrada de seleções sul-americanas na Liga das Nações da UEFA é um tema a ser discutido na agenda de cooperação.