Banco do Brasil fecha parceria com irmãos Fittipaldi e conectará automobilismo real com virtual

O Banco do Brasil fechou uma parceria com os irmãos Fittipaldi, Enzo e Pietro, com o objetivo de conectar o automobilismo real com o virtual a partir de uma estratégia nas redes sociais que tem o público jovem como alvo. A ação de engajamento contará com os irmãos pilotos, que também são influenciadores digitais, em plataformas como Twitch, Instagram, YouTube e Twitter.

Para se ter uma ideia, o canal “Fittipaldi Brothers” é o maior canal de corridas do Brasil na Twitch e o segundo maior do mundo. Além disso, os irmãos também contam, em seus perfis individuais nas redes, com diversos seguidores, que os acompanham em competições nas pistas e nos games. No ano passado, Enzo Fittipaldi conquistou o título do campeonato virtual da Fórmula 1. Ex-integrante da academia da Ferrari e representante da equipe americana Haas no torneio virtual, o piloto levou o título na última etapa do campeonato do ano passado, disputada no circuito virtual de Interlagos. Ele e Pietro também conquistaram o título mundial da F1 virtual para a equipe Haas, com 85 pontos na temporada, contra 62 da Ferrari, a segunda colocada.

Além de contarem com fãs na Fórmula 2 e Fórmula 1, respectivamente, Enzo e Pietro mantêm uma legião de seguidores conhecida como “Fittiforce”. Essa base de apoiadores e torcedores já emplacou sua hashtag nos Trending Topics do Twitter tanto do Brasil quanto da Europa.

A ação com os dois jovens se estenderá à Fórmula 2 na atual temporada, com Enzo Fittipaldi competindo pela equipe Charouz Racing System, e aos treinos do piloto na Fórmula 3. Os investimentos pelas empresas do conglomerado BB Seguros e pela Gestora de Fundos de Investimento do Banco do Brasil, na ordem de R$ 7 milhões, contarão com abatimento fiscal de acordo com a Lei de Incentivo ao Esporte.

O contrato também prevê, como contrapartida de visibilidade da marca do conglomerado BB, espaço no macacão de Pietro Fittipaldi, que é piloto de testes da Haas na Fórmula 1.

Para a empresa, o projeto “reforça o posicionamento como banco digital e inovador, além de promover o rejuvenescimento da marca e da base de clientes, e contribuir como suporte às ações de publicidade e promoção, atuando no resultado negocial do banco”. A expectativa é também ampliar o relacionamento com públicos de interesse estratégico, proporcionar experiências diferenciadas de marca e gerar visibilidade e retorno de imagem.

Uma estatística que apoia a estratégia do banco de se aproximar cada vez mais do universo gamer é de que o Brasil é, atualmente, o terceiro país com maior número de gamers no mundo, com 72% de sua população, ficando atrás apenas de Estados Unidos e China.

Desde 2018, o Banco do Brasil possui projetos que auxiliam nessa aproximação. Um dos destaques é o Squad BB, que vem sendo realizado desde 2020 e tem como objetivo adaptar a comunicação do banco à linguagem e a formatos de conteúdo que façam sentido para o segmento, prevendo a participação de influenciadores em ações promocionais e publicitárias.

Os influenciadores que compõem o Squad BB são produtores de conteúdo reconhecidos no segmento nacionalmente, com trajetórias relevantes no universo dos games e esportes eletrônicos. Todos estão na plataforma “Tamo Junto Nesse Game” e contribuem para ampliar a divulgação da marca e de produtos e serviços do banco, tanto por meio de seus perfis pessoais como pelos perfis do próprio Banco do Brasil.