A pedido de atleta, Bauru faz ação social

Larry decidiu criar ação para Natal e pediu ajuda do marketing do time - Crédito Sérgio Domingues

Larry decidiu criar ação para Natal e pediu ajuda do marketing do time - Crédito Sérgio Domingues

Quatro crianças serão privilegiadas pelo Itabom/Bauru neste Natal. Após "concurso" de cartas relativas à data, a equipe de basquete irá escolher as quatro melhores e, de cada família, virá um filho para passar um dia com Larry Taylor, jogador norte-americano que atua na cidade. E a iniciativa para criar a ação partiu do próprio atleta.

"O Larry chegou dizendo que queria ajudar alguém e me perguntou se eu podia ajudar. Eu aceitei, claro, mas a ação foi toda desenvolvida e pensada pelo Larry", conta Juliana Poli, diretora de marketing da equipe e da principal patrocinadora, Itabom. A princípio, ele pediu para não haver divulgação, mas a dirigente o convenceu do contrário.

As atividades a serem feitas entre Larry e as quatro crianças estão ligadas a parceiros comerciais do Bauru. A ideia é que eles possam ir a um shopping, comer em uma unidade do Bob"s, que é patrocinador do time de basquete, talvez assistir a filme no cinema e, no fim, cada criança volta com kit de produtos Itabom e uma quantia em dinheiro.

Larry ganhou representatividade no basquete brasileiro após várias boas partidas no NBB e chegou a ser convocado para a seleção brasileira. A naturalização ainda não ocorreu como devido, e por essa razão o jogador ainda não conseguiu vestir a camisa amarela e verde. No Bauru, no fim de novembro, ele completou 100 partidas disputadas.