Após penhoras, Flu completa quatro jogos sem renda

Com quatro vitórias seguidas, clube viu deduções zerarem lucro

Com quatro vitórias seguidas, clube viu deduções zerarem lucro

O Fluminense, ao vencer o Corinthians por 1 a 0 no último domingo (11), conseguiu sequência de quatro vitórias e subiu na tabela do Campeonato Brasileiro. Mas o triunfo sobre o líder da competição, responsável por conseguir recordes de público e arrecadação do clube no Nacional, também o fez completar quatro jogos sem nenhuma renda.

Em todas as últimas quatro partidas disputadas pelo time das Laranjeiras no estádio Engenhão, penhoras, feitas para pagamento de dívidas passadas pela Justiça, zeraram o valor que seria recebido por meio da venda de ingressos. Apenas nessa sequência de confrontos, foram deduzidos R$ 487 mil da receita líquida do clube.

Esse montante seria suficiente para tirar o Fluminense do déficit acumulado em todo o Brasileiro. Após 12 duelos disputados na condição de mandante, já tendo enfrentado adversários que atraem maiores índices de público, como Flamengo, Botafogo e Corinthians, a equipe vê prejuízo de R$ 155 mil nas bilheterias desta temporada.

Quando somadas todas as penhoras executadas durante este torneio nacional, o Fluminense está na liderança. Ao todo, já foram deduzidos R$ 924 mil, enquanto o Flamengo deixou de arrecadar R$ 740 mil; o Vasco, R$ 299 mil; e o Botafogo, R$ 195 mil. Os cariocas, como de praxe, estão muito à frente do resto do país nesse indicador.

O levantamento feito pela Máquina do Esporte levou em consideração todas as partidas de Campeonato Brasileiro, Copa Kia do Brasil e Estaduais - em relação ao último, apenas jogos dos 20 membros da primeira divisão foram registrados. Os números são fornecidos pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em boletins financeiros.