Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Asics tem metade de suas vendas direcionada a mulheres

Duda Lopes em São Paulo - SP Publicado em 30/07/2010, às 08h00 - Atualizado às 11h00

Corrida de rua é um esporte de homem? Cada vez menos. Segundo pesquisa da Crowe Horwath RCS, 81% desses atletas brasileiros são do sexo masculino. Mas a Asics não vê esse mesmo resultado em suas vendas e já comemora a divisão absoluta de saída de seus produtos entre os dois gêneros.

Segundo a diretora de marketing da empresa, Andrea Longhi, o público de corredores de rua da marca continua majoritariamente masculino - cerca de 70%. Mas hoje, as vendas já se dividem: “Não tem jeito, as mulheres compram mais”, afirma Andrea.

Ao perceber a crescente mudança de mercado, a Asics alterou a sua linha de campanhas publicitárias. Antes, eram anúncios exibindo homens, voltados ao público masculino. No ano passado, no entanto, a empresa mudou a sua estratégia e o seu foco. As mulheres passaram a dividir o espaço.

Na atual campanha da empresa, “Correr purifica o corpo e a mente”, a mudança de direção é visível. Nas imagens dos anúncios, corredores saem de um bloco de água. No critério do casting, dois modelos homens, duas modelos mulheres.

Para Andrea Longui, o crescimento do público feminino é resultado da mudança que a corrida de rua teve nos últimos anos. “Antigamente, o esporte era visto como algo daquela pessoa de ‘canela fina’. Hoje ele passou a ser associado à pessoa moderna, trabalhadora e independente”, afirma a diretora.