Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Barcelona fatura R$ 530 milhões na Champions League

Clube espanhol, que caiu na semifinal, foi o que mais arrecadou em premiação no campeonato

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 27/12/2019, às 17h00

Imagem Barcelona fatura R$ 530 milhões na Champions League

O Barcelona foi o grande vencedor da Champions League. Pelo menos no que diz respeito ao dinheiro que foi destinado ao clube por ter disputado a edição 2018/2019 da competição.

Segundo o relatório de premiação divulgado pela Uefa, o Barça faturou € 117,7 milhões (cerca de R$ 530 milhões) por ter disputado a competição. O segundo que mais ganhou foi curiosamente o campeão Liverpool, que obteve € 111 milhões (R$ 500 mi). Ao todo, a Uefa distribuiu € 1,98 bi aos times.

A diferença entre os dois times, que se enfrentaram na semifinal do torneio, é graças ao histórico do clube nas últimas dez edições do torneio. Por ter um desempenho melhor na década, o Barcelona recebeu € 34,3 milhões. O Liverpool ficou com € 23,3 milhões.

O terceiro colocado em premiação foi o Tottenham, vice-campeão do torneio. Os Spurs arrecadaram € 100 milhões (R$ 450 milhões). Em quarto lugar aparece a Juventus, da Itália, com uma premiação de € 95,6 milhões. O top 5 é completado pelo Manchester United, que recebeu da Uefa € 93,5 milhões.

Além do prêmio aos times que jogaram a Champions League, a Uefa distribuiu uma verba aos times que disputaram a Supercopa. O Atlético de Madri, que havia sido campeão da Europa League, levou € 4,5 milhões por ter levado a melhor na disputa contra o conterrâneo Real Madrid, campeão da Champions League do ano anterior (2017/2018) e que ganhou € 3,5 milhões por ser vice da Supercopa.

Confira abaixo a lista com o faturamento completo dos times na Champions League, de acordo com o que foi divulgado pela Uefa.

TIME

VALOR

Barcelona (ESP)

€ 117.730.000

Liverpool (ING)

€ 111.099.000

Tottenham (ING)

€ 101.622.000

Juventus (ITA)

€ 95.577.000

Manchester United (ING)

€ 93.469.000

Manchester City (ING)

€ 93.254.000

Paris Saint-Germain (FRA)

€ 85.795.000

Atlético de Madrid (ESP)

€ 85.650.000

Real Madrid (ESP)

€ 85.034.000

Bayern de Munique (ALE)

€ 82.868.000

Porto (POR)

€ 80.616.000

Ajax (HOL)

€ 78.549.000

Olympique Lyon (FRA)

€ 69.637.000

Borussia Dortmund (ALE)

€ 65.804.000

Schalke 04 (ALE)

€ 64.938.000

Roma (ITA)

€ 57.672.000

Benfica (POR)

€ 50.345.000

Napoli (ITA)

€ 49.878.000

Internazionale (ITA)

€ 48.267.000

Valencia (ESP)

€ 47.849.000

Shakhtar Donetsk (RUS)

€ 46.643.000

Monaco (FRA)

€ 41.025.000

CSKA Moscou (RUS)

€ 37.094.000

Club Brugge (BEL)

€ 31.381.000

Galatasaray (TUR)

€ 30.744.000

Viktoria Plzeň (TCH)

€ 30.500.000

PSV Eindhoven (HOL)

€ 28.900.000

Hoffenheim (ALE)

€ 28.030.000

Young Boys (SUI)

€ 26.842.000

Lokomotiv Moscou (RUS)

€ 23.365.000

Estrela Vermelha de Belgrado (SER)

€ 22.334.000

AEK (GRE)

€ 18.963.000

PAOK (GRE)

€ 5.300.000

Dínamo de Kiev (UCR)

€ 5.049.000

FC Salzburg (AUT)

€ 5.000.000

Bate Borisov (BIE)

€ 5.000.000

Dinamo Zagreb (CRO)

€ 5.000.000

Vidi FC (HUN)

€ 5.000.000

Basel (SUI)

€ 253.000

Fenerbahçe (TUR)

€ 197.000

Standard de Liège (BEL)

€ 191.000

Spartak (RUS)

€ 168.000

Slavia Praga (TCH)

€ 82.000