Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Barcelona lançará próprio centro de produção de conteúdo

Barça Studios será responsável por criação, produção e distribuição audiovisual

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 17/01/2019, às 16h35

Imagem Barcelona lançará próprio centro de produção de conteúdo

O Barcelona lançará, no início de julho, seu próprio centro de produção de conteúdo. Batizada de Barça Studios, a estrutura será responsável pela criação, produção e distribuição audiovisual do clube catalão, o que inclui uma versão renovada da Barça TV, o canal de televisão da equipe, lançada em 2008.

Com a decisão, o Barcelona assumirá a responsabilidade que há alguns anos era da Mediapro e que, desde 2015, tinha passado para as mãos da Telefónica. O contrato com a gigante espanhola de telecomunicações se encerrará no final de junho e não será renovado.

Foto: Reprodução / Site (barcatv.fcbarcelona.com)

"É normal termos uma ferramenta muito poderosa para prestar serviços e também gerar uma nova área de negócios com a exploração do nosso conteúdo audiovisual. Com relação à Barça TV, teremos uma imagem muito maior e renovada", afirmou um porta-voz do clube, em entrevista ao site da Sportcal, especialista em inteligência de mercado esportivo.

De acordo com a imprensa europeia, o objetivo do clube catalão é aproveitar a quantidade de fãs espalhados pelo mundo que querem consumir conteúdo do Barcelona. Só em 2018, o clube gerou mais de um bilhão de interações nas mídias sociais e, além disso, também é o time de futebol que lidera em quantidade de visualizações no YouTube. No ano passado, foram mais de 271 milhões de visualizações, mais que o dobro do segundo colocado.

O caminho seguido pelo Barça é parecido com o que trilhou o Bayern de Munique. Em maio do ano passado, o clube alemão anunciou o lançamento de uma espécie de subsidiária multimídia, o FCB Digital & Media Lab GmbH. A inovação serve para aprimorar o conhecimento digital do clube, além de oferecer serviços relacionados a mídia e dados para terceiros.

Por último, o Barcelona também decidiu produzir uma série documental de bastidores, mas sem se aliar a empresas como Netflix e Amazon, como fizeram clubes como Manchester City, Juventus e Boca Juniors em 2018. O Barça preferiu se unir à empresa de investimentos Kosmos, do zagueiro Piqué, mas ainda não há nada confirmado sobre quais plataformas ou canais farão a distribuição deste conteúdo específico.