Botafogo analisa troca de operador de sócio-torcedor

Novo Traço e Outplan, já parceiras, disputam operação do programa

Novo Traço e Outplan, já parceiras, disputam operação do programa

O "Sou Botafogo", programa de sócios-torcedores da equipe carioca, pode trocar de operador na próxima semana. O contrato que o clube mantinha com a Novo Traço, responsável por gerenciar o projeto, está expirando. Agora, a equipe analisa as propostas da atual parceira e da Outplan, que se interessou em assumir essa área.

O processo de seleção da agência que dará continuidade ao sócio-torcedor botafoguense começou com três empresas, mas apenas Novo Traço e Outplan foram consideradas como capazes de administrá-lo. Atualmente, a cúpula alvinegra está analisando ambas as propostas, tanto em termos financeiros quanto em outras projeções.

As duas empresas já são conhecidas pela gestão do atual presidente, Mauricio Assumpção. A Novo Traço, que era liderada por Bruno Paes - primo de Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro - está no clube desde o início do projeto. E a Outplan, pertencente à Geo Eventos, joint-venture entre Globo e RBS, gere as bilheterias do Engenhão.

O "Sou Botafogo" possui, atualmente, 12,5 mil sócios-torcedores, segundo informa Marcelo Guimarães, diretor de marketing botafoguense. Esse número vem sendo impulsionado pelas recentes conquistas da equipe dentro de campo, como na vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians, na última quarta-feira (12), que fez o clube subir.

"Apenas na última quinta, tivemos 250 adesões, então posso estimar que ganhamos em torno de 800 novos sócios-torcedores depois do jogo contra o Corinthians", revela o diretor alvinegro. O cenário é bastante diferente do que foi encontrado quando Assumpção assumiu o time, em 2008, quando havia apenas 250 associados adimplentes.

A meta a ser atingida até o fim deste ano é de 15 mil filiados com mensalidades em dia, e portanto dirigentes esperam que o desempenho esportivo continue em alta. "Nosso crescimento em número de sócios está muito vinculado à arrancada final", finaliza. "A oscilação é muito grande, muito sensível ao resultado do time".