Botafogo tenta evitar desvalorização de máster

Guaraviton ocupou todo uniforme botafoguense no estadual

Guaraviton ocupou todo uniforme botafoguense no estadual

Em fevereiro deste ano, o Botafogo esteve em um momento de baixa nos gramados, com eliminação na Taça Guanabara e derrota para o River Plate do Sergipe na Copa Kia do Brasil. Ainda assim, a Guaraviton arriscou e fechou um patrocínio máster para o clube até o fim do Campeonato Estadual do Rio de Janeiro. Faltando um pouco mais de um mês para  fim do torneio, o clube já começa se movimentar para não ficar sem acordo no Campeonato Brasileiro.

Barra da camisa e mangas já têm um dono garantido. A própria Guaraviton tem contrato para manter esses espaços até o fim de 2011. Neste estadual, o clube viveu situação inusitada ao ter o nome de uma mesma empresa em todas as propriedades de seu uniforme. Apenas o logo da Fila, fornecedora de material, destoava nas camisas alvinegras.

Apesar do fato curioso, a diretoria de marketing do clube não mantém segredo: está bastante satisfeita com a empresa e com os valores empregados. Dessa maneira, o Botafogo sinaliza para uma renovação com a marca de bebida.

Caso não haja esse interesse, o clube buscará um patrocínio que atinja pelo menos os mesmos valores que a Guaraviton empregou, com a devida proporção de um acordo que terá um maior espaço de tempo. Como álibi, poderá colocar como argumento a boa campanha que realizou em 2010, quando disputou vaga para a Copa Santander Libertadores e terminou o campeonato nacional em sexto.