Bradesco patrocina seleção brasileira de basquete

O Mundial de basquete terá início no próximo sábado (28) e a seleção brasileira irá aproveitar o torneio para apresentar o Bradesco, novo patrocinador da Confederação Brasileira de Basquete (CBB). A companhia e a entidade já acertaram acordo e estão finalizando o contrato para oficializar o aporte.

O banco terá sua marca exibida nos uniformes das seleções masculina e feminina, mas ainda não foi definida qual propriedade será ocupada. É certo, contudo, que não será estampada no peito do uniforme, propriedade ocupada pela patrocinadora máster, Eletrobras.

Como co-patrocinador, o Bradesco terá direito a exposição em uniformes de jogo e treino, placas de publicidade e conteúdo produzido pela CBB, segundo relata o diretor executivo da entidade, Luiz Felipe Monteiro de Barros, à Máquina do Esporte.

"Essa é uma demonstração das mudanças que estão sendo feitas no basquete brasileiro", defende o diretor. "Estamos nos posicionando no mercado e essa parceria só nos engrandece por ser um banco de grande porte". A ativação do aporte será feita em conjunto pela CBB e pelo Bradesco.