Brasilprev exalta basquete e segue com Pinheiros

Joint-venture "herda" do BB estratégia de investir em esportes - Crédito João Pires / Pinheiros

A marca amarela e azul da Brasilprev irá contrastar com o vermelho e branco do Pinheiros/Sky no basquete por mais um ano. Depois de fazer o investimento pela primeira vez na temporada passada, a joint-venture entre Banco do Brasil e Principal Financial optou por estender o contrato em mais um ano, até dezembro de 2011.

A escolha pelo Pinheiros é sustentada pela esperança de bom desempenho esportivo, uma vez que o clube, cuja cota máster pertence à Sky, costuma montar fortes equipes. A opção pelo basquete, por sua vez, é justificada pelo argumento de que a modalidade está crescendo, em função da Liga Nacional de Basquete (LNB).

"Quando conhecemos o projeto, apostamos nele para conseguir exposição de marca, porque tanto Pinheiros quanto basquete brasileiro estão em ascendência, inclusive com jogos sendo transmitidos pela televisão", explica André Camargo, superintendente de estratégia e comunicação corporativa da Brasilprev, à Máquina do Esporte.

A empresa, na verdade, está "herdando" do Banco do Brasil o costume de investir em esporte como plataforma para agregar valor à marca. A companhia brasileira, dona de 49,99% da joint-venture, é a marca mais reconhecida em esportes, com exceção ao futebol, segundo levantamento feito pela Sport Track entre 2007 e 2009.

A estratégia adotada pela Brasilprev é, bem como fez o Banco do Brasil, em especial no vôlei, acompanhar o ritmo de crescimento do basquete brasileiro para se firmar como parceira do esporte. As ações de ativação do patrocínio, no entanto, ainda não estão totalmente definidas, algo que deve acontecer em agosto, segundo Camargo.